Foto: Reprodução/Instagram

Ai se eu te pego: a música de Michel Teló que bombou até na Finlândia

Música chiclete, ‘Ai se eu te pego’ ficou na cabeça do brasileiro por muito tempo e, possivelmente, ainda hoje ecoa na caixinha musical mental de alguns por aí. Mas você sabia que a canção que fez Michel Teló bombar no Brasil também ficou grudada na cabeça de pessoas de outros países?

Esta é a história de como ‘Ai se eu te pego’ cruzou fronteiras e chegou ao primeiro lugar nas paradas de países como Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Canadá e até Finlândia.

Jornada pelo Brasil

Lançada em 2011 na voz de Michel Teló, ‘Ai se eu te pego’ nasceu em 2007 e era chamada inicialmente de ‘Funk do Nossa’.

“Tudo começou com uma animação de palco que eu fazia. Não tinha nem a música ainda, era só o refrão com uma batida de funk”, explicou a cantora Sharon Acioly, famosa pelo hit ‘Dança do Quadrado‘, em entrevista ao site iG.

Ao ouvi-la cantar aquele refrão, o compositor Antonio Dyggs vislumbrou potencial para transformar os versos numa letra de forró. Com isso, em 2010, a música ganhou outra versão, com o grupo ‘Garota Safada’, de Wesley Safadão.

Ouça a versão de Wesley Safadão & Garota Safada de ‘Ai se eu te pego’:

Essa versão estourou no Nordeste e tocou muito durante as tradicionais festas de São João. E foi assim que a canção chegou aos ouvidos de Michel Teló.

Ouça ‘Ai se eu te pego’, de Michel Teló:

Do Brasil para o mundo

Sucesso nas rádios brasileiras, o primeiro grande hit de Michel Teló se destacou também fora do Brasil. A trajetória internacional de ‘Ai se eu te pego’ começou ainda em 2011, quando Cristiano Ronaldo, o então camisa 7 da equipe de futebol espanhola Real Madrid, comemorou uma vitória fazendo a coreografia da música.

Relembre:

Nas primeiras semanas de dezembro de 2011, a canção chiclete havia ficado em primeiro lugar nas paradas da Itália, ultrapassando hits como ‘Someone Like You’, da cantora britânica Adele; ‘Paradise’, da banda Coldplay; e ‘We Found Love’, de Rihanna.

Também em dezembro, ‘Ai se eu te pego’ ficou como a mais tocada na França durante 9 semanas, segundo o ranking do site ‘Les charts’. E um detalhe interessante: até junho de 2014, a canção seguia aparecendo entre 184 mais ouvidas no país.

A música caiu tanto no gosto dos franceses – e possivelmente dos brasileiros que vivem na França – que conquistou disco de ouro na terra da Torre Eiffel, após milhares de vendas.

Veja também:
Quem é a Renata Ingrata que inspirou música de Latino

Em fevereiro de 2012, a música brasileira tinha chegado ao topo das paradas na Alemanha e se manteve em primeiro lugar por três semanas consecutivas, conquistando disco de platina no país. Consegue imaginar?

É ainda mais inusitado saber que Michel Teló levou seu ‘Ai se eu te pego’ ao top 5 da Finlândia. Na semana do dia 15 de fevereiro de 2012, o hit brasileiro ficou na quinta posição das mais ouvidas do país. No finalzinho de março, a canção subiu para o terceiro lugar. Em abril, ela chegou ao segundo lugar nas paradas do país, tão tradicional dentro do heavy metal e terra natal da banda Nightwish e da cantora Tarja Turunen.

Ao todo, ‘Ai se eu te pego’ chegou ao topo das paradas de mais de 20 países na Europa e na América Latina, tornando-se o sexto single mais vendido no mundo em 2012 – com mais de 7,2 milhões de cópias vendidas.

A versão brasileira já havia ganhado o mundo. Ainda assim, Michel Teló ainda gravou uma versão em inglês, chamada ‘If I catch you’, e outra em espanhol, a ‘Ai si te beso’.

Ouça ‘If I catch you’, a versão em inglês de ‘Ai se eu te pego’:

Ouça ‘Ai si te beso’, a versão em espanhol de ‘Ai se eu te pego’:

Em uma entrevista em agosto de 2017, Michel Teló recordou o sucesso estrondoso de ‘Ai se eu te pego’ e classificou toda a experiência de repercutir mundialmente como surreal.

Veja também:
Gusttavo Lima dá R$ 100 para catador de latinhas e cão dele pega nota com a boca

“Foi uma canção que eu não imaginava que fosse acontecer isso tudo. Não imaginava que iria ganhar o mundo. Estamos falando de 6 anos atrás e até hoje ela é a música mais vista na história do nosso país no YouTube. É surreal o que aconteceu com a canção, fiquei em primeiro lugar em muitos países”, contou ele, em conversa com o UOL.

O artista completou: “Chegava na França, era a música mais tocada na rádio, era a música mais baixada nos streamings. Também na Alemanha, na Croácia. É uma música que me levou para o mundo e sou muito grato a tudo o que eu vivi por causa dela. Fui muito abençoado”.

Compartilhar