Fotos: Reprodução

David Bowie quase viveu vilão dos filmes de James Bond (por que ele desistiu?)

Poucas pessoas se lembram, mas o astro David Bowie, além da brilhante carreira que teve como cantor, também fez alguns trabalhos como ator. Ele chegou a ter a chance de interpretar um vilão dos filmes de James Bond, mas desistiu do papel.

Esse vilão em questão é Max Zorin, que foi o grande antagonista de ‘007 – Na Mira dos Assassinos’, filme final de Roger Moore no papel do agente secreto, lançado em 1985.

Veja também:
Ouça a voz isolada de David Bowie em algumas de suas músicas

Neste filme, Zorin queria causar um terremoto artificial em São Francisco. Desta forma, o vilão acabaria com outras empresas de tecnologia do local e ele poderia manter seu monopólio na fabricação de microchips.

Christopher Walken foi o responsável por dar vida a Max Zorin no filme, só que a ideia original era dar o papel justamente para David Bowie. Inclusive, o “Ziggy Stardust” até chegou a aceitar a proposta em um primeiro momento.

No entanto, algum tempo mais tarde, o cantor optou abrir mão de viver Max Zorin. Oficialmente, Bowie deu a seguinte desculpa para ter desistido do papel: “não quero ver meu dublê caindo no chão por cinco meses”.

Só que essa desculpa nunca “colou” para muita gente. Desde então, possíveis razões para a real desistência do cantor já foram levantadas.

Por que David Bowie desistiu do papel em ‘007’?

Uma que costuma ser bastante citada é que David Bowie estava com agenda cheia na época: se já não bastassem seus trabalhos como cantor, ele também estava escalado para aparecer no filme ‘Labirinto – A Magia do Tempo’, que foi gravado na mesma época de ‘007 – Na Mira dos Assassinos’.

Outra razão seria uma raiva particular do “Ziggy Stardust” com o próprio Roger Moore.

Segundo o escritor britânico Hanif Kureishi, que era próximo do cantor, Bowie lhe disse que anos antes das gravações do filme, foi passar um tempo nas montanhas da Suíça pra fugir um pouco da fama, onde montou residência temporária em um chalé.

Veja também:
Primeira gravação de David Bowie é encontrada em cesta de pão

No entanto, essa paz que o cantor procurava foi interrompida justamente por Roger Moore, que também tinha um chalé no mesmo local. O ator procurou a companhia de Bowie constantemente.

Nessas visitas, Moore tinha o costume de beber bastante e contava ao cantor várias histórias a respeito de seu James Bond. David Bowie ficou tão incomodado e irritado que se escondeu do então 007 dias antes de deixar a Suíça.

Por conta disso, o cantor teria pegado raiva do ator e desistiu de viver o vilão ao se lembrar que James Bond ainda era interpretado por Roger Moore – que, ironicamente, deixou o papel após esse filme.

Para terminar, uma rápida curiosidade é que após a desistência de David Bowie, outro cantor foi convidado pra seu lugar: Sting, vocalista do The Police, que recusou a proposta. Somente após essas duas recusas que a produção do filme procurou Christopher Walken.

Livro revela que David Bowie se negou a praticar necrofilia

Compartilhar