Fotos: Reprodução/Instagram

Beyoncé vai alterar música recém-lançada após críticas por uso de termo ofensivo

Beyoncé lançou seu novo álbum ‘Renaissance’ na última sexta-feira (29) e as músicas estão repercutindo muito na web desde então.

  • Dia dos Pais 2022: presenteie aquele que te inspira! Confira esse guia de presentes para encontrar o presente ideal e o melhor: com ofertas que chegam a 52% de desconto! Clique aqui para conferir.

Uma delas, em especial, chamou a atenção de muita gente nos Estados Unidos, que criticou muito a artista devido ao uso de um termo considerado ofensivo na canção.

Trata-se da música ‘Heated, em um trecho específico há um termo considerado capacitista pelos norte-americanos.

Veja também:
Em aparição raríssima, filha de Beyoncé surpreende por ser IDÊNTICA à mãe

Capacitismo nada mais é do que a discriminação e o preconceito social sofridos por pessoas portadoras de deficiências, sejam elas mentais ou físicas. No português, por exemplo, existem termos como “retardado”, “mongol” “aleijado” que são usados nesse contexto.

A música em questão foi escrita por cerca de 11 compositores, entre eles Drake e a própria Beyoncé. Ninguém se atentou que usar o termo ‘spaz’ poderia não cair bem com o público.

No verso que diz “spazzin on that ass, spazz on that ass“. A palavra é usada para descrever quem está “surtando”, mas também serve para classificar os espasmos sofridos por pessoas que sofrem de paralisia cerebral.

Alguns veículos da imprensa relembraram que a cantora Lizzo também foi criticada e precisou alterar a letra de uma música, ‘GRRRLS‘, exatamente pelo mesmo motivo e pelo uso da mesma palavra.

Beyoncé é criticada

Segundo a ativista Hannah Diviney, vivenciar a mesma situação envolvendo a mesma palavra em um espaço curtíssimo de tempo parece um tapa na cara”.

“Estou cansada e frustrada por termos essa conversa novamente depois de recebermos uma resposta tão significativa de Lizzo”, disse ela em entrevista à BBC.

Outra personalidade que se incomodou com a questão foi a radialista britânica e correspondente da BBC, Nikki Fox.

“Se você pensar em quantas pessoas ouviram a faixa e nenhuma delas pensou ‘espere um pouco’ nem estavam cientes da polêmica quando Lizzo usou a mesma palavra… É muito decepcionante, disse Nikki.

Depois do assunto repercutir bastante nos últimos dias, Beyoncé emitiu um comunicado informando que alterará a letra da música ‘Heated’, retirando o termo capacitista. Ela também disse que o termo não foi empregado na música de forma intencional.

“A palavra, não usada intencionalmente de maneira prejudicial, será substituída”, disse a cantora em comunicado oficial.

Ouça a polêmica ‘Heated’, de Beyoncé:

Foto: Reprodução/Instagram

  • Dia dos Pais 2022: presenteie aquele que te inspira! Confira esse guia de presentes para encontrar o presente ideal e o melhor: com ofertas que chegam a 52% de desconto! Clique aqui para conferir.

Beyoncé passa a usar remédio feito de maconha e revela ser dona de uma plantação

Compartilhar