Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Desabafando, Britney Spears diz que deveria ter dado tapa na cara da mãe e da irmã

Após fim da tutela que a controlou nos últimos 13 anos, Britney Spears tem se mostrado bastante ativa nas redes sociais.

Afinal, só agora ela finalmente pode se manifestar livremente sobre o que viveu durante todo o tempo em que teve a liberdade tolhida e a vida manipulada pelo pai, Jamie Spears.

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

Desde novembro de 2021 Britney está livre. Nesta terça-feira (18), a eterna ‘Princesa do Pop’ publicou um longo texto em seu perfil oficial no Instagram em que desabafa sobre os traumas que sofreu por culpa da família na última década.

Na publicação, Britney chega a declarar que deveria ter dado um tapa na cara da irmã, Jamie Lynn Spears, e da mãe, Lynne Spears.

Veja também:
Por que Britney Spears raspou o cabelo e ficou careca em 2007?

Hoje com 40 anos de idade, Britney Spears revelou que nunca recebeu o mesmo tratamento que a irmã recebia na casa da família.

Segundo a cantora, ela não teve o suporte da mãe nos momentos em que precisou. “Eu sou crescida né??? Mas talvez eu precise de um pouco de apoio…” , desabafou a cantora.

Ela também revelou que enquanto namorou Justin Timberlake, entre 1999 e 2002, ela ficava muito mais com a família dele do que com a própria família. No final do texto, Britney disse a frase que tem gerado tanta polêmica nas redes sociais.

“E me desculpe Jamie Lynn, eu não fui forte o suficiente para fazer o que deveria ter sido feito ter dado um tapa em você e mamãe bem na cara de vocês!!!“, escreveu Britney.

Leia, na íntegra, a tradução em português do desabafo de Britney Spears publicado no perfil oficial dela no Instagram:

“Eu voei para casa para ver Jamie Lynn no sofá assistindo seus programas de TV logo depois que Justin e eu terminamos… Eu era um fantasma lá!!!!! Trabalhei a vida inteira e não sabia como ser servida pela mamãe…

Sentar lá e ser servida os milkshakes de chocolate com o gelo perfeitamente picado com o açúcar secreto enquanto Jamie Lynn com 12 anos se entregava à TV por horas depois ia deitar na beira da piscina… estou em choque porque esta nunca foi a minha vida!!!!

A família de Justin era tudo o que eu conhecia por muitos anos… As coisas estavam diferentes agora e Jamie Lynn tinha um novo programa da Nickelodeon… Tudo que eu lembro de dizer foi:

‘CARAMBA!!! Como diabos uma criança de 12 anos consegue um show da Nickelodeon????’….. HMMMMMMMM…. Bem, eu nunca recebi minha bebida gelada de chocolate!!! Quero dizer, sim… eu sou crescida né??? Mas então talvez eu precise de um pouco de apoio…

Era uma capa da People Magazine… As pessoas aparecem e como Jamie Lynn diz, eu estava com medo!!!! Porra sim!!! Minha mãe estava tomando analgésicos e mal conseguia manter uma conversa em casa porque ela e meu pai se separaram e ela estava mais bagunçada do que qualquer coisa!!!!

Eu me lembro dela sentada no chão em uma conversa e ela nunca se levantou… e me desculpe Jamie Lynn, eu não fui forte o suficiente para fazer o que deveria ter sido feito… ter dado um tapa em você e mamãe bem na cara de vocês!!!”.  

Veja também:
Vazou áudio! Empregadas da mansão de Lexa saem nos tapas e cantora tenta apartar

Veja o post original (em inglês):

Britney Spears exige que irmã a retire de livro

Jamie Lynn Spears, irmã de Britney Spears, lançou um livro recentemente intitulado: ‘Things I Should Have Said’ (‘Coisas que eu deveria ter dito’, em tradução nossa), em que fala sobre os acontecimentos e a vida conturbada da vida da família nos últimos anos.

Contudo, Britney Spears não gostou de ter sido citada na publicação e solicitou ao advogado dela, Mathew S. Rosengart, que comunicasse à irmã que ela “não será mais intimidada” pelo suposto benefício financeiro da venda de livros.

Prezada Sra. Spears: Como você sabe, eu represento sua irmã, Britney Spears, e escrevo a seu pedido sobre o assunto acima mencionado. Entramos em contato com alguma hesitação porque a última coisa que Britney quer é trazer mais atenção para seu livro inoportuno e suas afirmações enganosas ou ultrajantes sobre ela“, iniciou o advogado na carta.

Veja também:
Miley Cyrus faz os fãs chorarem com carta aberta para Hannah Montana

“Embora Britney não tenha lido e não pretenda ler seu livro, ela e milhões de seus fãs ficaram chocados ao ver como você a explorou para ganhar dinheiro. Ela não vai tolerar isso, nem deveria”, afirmou ele, que também falou sobre os “abusos e irregularidades” que Britney sofreu ao longo de sua tutela de 13 anos, estabelecida pelo pai, Jamie Spears.

“Você, mais do que todas as pessoas, sabe o abuso e as irregularidades que Britney teve que suportar durante a tutela, depois de inicialmente crescer com um pai alcoólatra. Na verdade, seu próprio livro afirma que seu pai passou a maior parte da minha vida nesse ciclo de comportamento destrutivo. Suas crises de bebida me causaram períodos de tormento e tristeza’.

Como eu disse anteriormente, tendo sofrido uma tutela de 13 anos que a privou de direitos civis e liberdades fundamentais, Britney não será mais intimidada por seu pai ou qualquer outra pessoa”, escreveu o defensor da cantora.

O advogado Mathew S. Rosengart afirma, ainda, que Britney Spears foi ganha-pãoda família Spears durante todos esses anos, e critica Jamie Lynn por “exibir queixas falsas ou fantásticas” para se autopromover e faturar através de seu “livro de memórias”.

“Britney era o ganha-pão da família e ela também apoiou você. Divulgar publicamente reclamações falsas ou fantásticas é errado, especialmente quando projetado para vender livros. Também é potencialmente ilegal e difamatório. (…) Você recentemente declarou que o livro não era sobre ela‘.

Ela acredita em sua palavra e nós, portanto, exigimos que você pare e desista de fazer referência depreciativa a Britney durante sua campanha promocional. Se você não fizer isso ou difamá-la, Britney será forçada a considerar e tomar todas as medidas legais apropriadas”, ameaçou o advogado na carta direcionada à irmã de Britney.

Jamie Lynn Spears chegou a enviar uma mensagem para a irmã, por meio de suas Stories no Instagram, pedindo que a briga termine, porque isso era embaraçoso.

Entretanto, Britney Spears, que foi injustiçada por anos e continua se sentindo ‘usada pela própria irmã, parece não estar ligando nada para o que ela pensa agora.

A irmã de Britney compartilhou uma imagem nas redes sociais comemorando o fato do livro estar entre os mais vendidos. “Oh meu Deus!!! Significa muito ver minha história subindo nas paradas (…) não seria possível sem o apoio de vocês, obrigada!”, disse Jamie Lynn Spears na legenda.

Veja:

Foto: Reprodução/Instagram

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

No BBB, Caio assiste documentário chocante sobre Britney Spears e fica indignado

Compartilhar