Em livros, Elvis Presley é acusado de ser machista, efebófilo e estuprador

Resgate de depoimentos foi feito por jornalista da revista Vice (Divulgação)

Resgate de depoimentos foi feito por jornalista da revista Vice (Divulgação)

Um texto feito por Elizabeth King para o site da revista Vice (clique para ler) afirma que Elvis Presley não tratava bem as mulheres com quem se relacionava. Além disso, segundo o artigo, o Rei do Rock tinha predileção por garotas de 14 anos de idade.

Elizabeth King utiliza-se dos registros de vários livros biográficos para fazer suas afirmações, como “Elvis Presley: A Southern Life”, de Joel Williamson; “Elvis e Eu”, de Priscilla Presley, ex-mulher do astro; e “Child Bride: The Untold Story of Priscilla Beaulieu Presley”, de Suzanne Finstad.

Veja, abaixo, alguns trechos do artigo do site da revista Vice.

Garotas de 14 anos:

“Em seu livro Elvis Presley: A Southern Life, Joel Williamson escreve sobre a vida de Elvis na estrada, incluindo o tempo que o astro passou com adolescentes. Williamson escreve que quando estava em turnê, Elvis caçava grupos de três meninas de 14 anos, que, em seu quarto de hotel, faziam brigas de travesseiros, cócegas, lutavam e beijavam o cantor, que na época tinha 22 anos.”

Virgindade como prêmio:

“Em seu livro de memórias, Elvis e Eu, Priscilla escreve que Elvis fez de tudo menos sexo penetrativo com ela na primeira noite que eles passaram juntos e até eles se casarem. ‘Era como se a virgindade de Priscilla fosse outra coisa que Elvis estranhamente precisava manter’, escreveu Williamson em seu livro.”

Veja também:
Antes de se assumir publicamente, Lulu Santos foi casado com outro homem por 14 anos

Espionagem:

“Segundo Williamson, ele (Elvis Presley) também instalou um espelho de dois lados em sua casa em Palm Springs com Priscilla, para poder espiar casais transando durante as festas extravagantes que dava lá.”

Relações com mães:

“Quando Priscilla teve a única filha do casal, Lisa Marie, em 1968, Elvis parou de fazer sexo com ela, pelo menos segundo o que conta o livro da jornalista Alanna Nash Baby Let’s Play House: Elvis and the Women WhoLoved Him. Priscilla escreveu em seu livro de memórias que Elvis ‘tinha mencionado antes de casarmos que nunca conseguiu fazer amor com uma mulher que tinha filhos’.”

“Obrigada a fazer amor”:

“Priscilla acabou traindo Elvis, e segundo seu livro, ela contou a ele sobre o caso. Ela diz que Elvis a agarrou e a ‘obrigou a fazer amor’ com ele que dizia: “É assim que um homem de verdade faz amor com uma mulher”. O casal se separou em 1972 e se divorciou um ano depois. Dois anos depois do ocorrido, Elvis foi atrás de outra menina de 14 anos chamada Reeca Smith. Segundo Nash, Smith disse que Elvis ‘não tirou vantagem dela’ durante o relacionamento de seis meses.”

Veja também:

Alice Cooper relata pensamento em assassinar Elvis Presley durante encontro

Livro mostra lista de exigências absurdas de estrelas da música

Veja também:
No 'The Voice', nenhuma cadeira vira para ex-vocalista da banda de Ximbinha

Por Igor Miranda

#comentários

Compartilhar