Kendrick Lamar e The Weeknd são processados por música de Pantera Negra

Os rappers Kendrick Lamar e The Weeknd foram responsáveis por várias músicas da trilha sonora do filme ‘Pantera Negra’, da Marvel. Agora, eles estão sendo processados por uma das faixas, onde teriam cometido plágio, segundo a acusação.

O longa, vencedor do Oscar, é um dos mais populares da franquia e sua trilha sonora é um dos trabalhos mais elogiados dos dois cantores. Um dos destaques é a música ‘Pray For Me’, que é, justamente, pivô da acusação.

De acordo com o The Wrap, a banda de rock Yeasayer está processando a dupla, acusando-os de plágio em “Pray For Me”. Segundo eles, a melodia da música foi diretamente copiada da faixa “Sunrise”, lançada pela banda em 2007.

Veja também:
Aves de Rapina: ouça a trilha sonora do filme, apenas com cantoras

Lamar e Weeknd são acusados ainda de terem tentado alterar os vocais do Yeasayer. A banda alega que as trilhas de voz foram usadas na trilha do filme da Marvel, embora sejam “imediatamente reconhecíveis”, segundo eles.

O plágio com o uso dos vocais alterados teria acontecido 8 vezes na trilha sonora de ‘Pantera Negra’, de acordo com a acusação. A banda pretende conseguir o licenciamento de ‘Pray For Me’ na Justiça, o que renderia royalties milionários para os integrantes, bem como a suspensão das vendas do material relacionado.

No YouTube, o clipe da música de Kendrick Lamar e The Weeknd já conta com aproximadamente 165 milhões de acessos. Até o momento, nem os dois artistas, nem a Marvel se manifestaram sobre a ação movida na Justiça.

Compare as duas músicas:

‘Pantera Negra’ foi lançado em 2018 e rendeu quase 6 bilhões de dólares na bilheteria mundial. O filme ainda ganhou 3 Oscars em 2019.

Veja também:
Eminem, Jennifer Lopez e mais: 15 artistas da música que não bebem