Fotos: Reprodução/Instagra/Youtube

Aos 17 anos, MC Jotinha é assassinado a tiros após tentar apartar briga de bar

Jonathan Gomes de Araújo – o MC Jotinha – foi morto a tiros na última terça-feira (16) após tentar apartar uma briga de bar em Duque de Caxias, onde morava no Rio de Janeiro.

O artista tinha apenas 17 anos de idade quando perdeu a vida ao ser alvejado na Rua Darcy Vargas, no bairro Pilar, na frente do próprio pai que também estava no local.

  • 3 LIVROS POR R$ 50!!! Inclusive quadrinhos em oferta, com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Só vale até o dia 26/11! Clique aqui.

Segundo informações da Record TV carioca, Jones de Araújo viu o filho apartar uma briga entre amigos na saída de um bar. Assim que saiu do estabelecimento, um homem que já havia o ameaçado com uma arma, efetuou os disparos e o assassinou, em frente a todos os presentes.

Veja também:
Naldo Benny sobre assassinato do irmão, MC Lula: 'eu queria morrer junto'

A Polícia Militar afirmou à imprensa que o músico já estava sem vida quando os agentes atenderam a ocorrência. A perícia foi acionada e o caso foi registrado e está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Apesar da pouca idade, MC Jotinha tinha uma carreira consideravelmente longa no funk. Ele é conhecido pela música ‘Kika uma vez, kika de novo‘ gravada em parceria com MC PR com direito a videoclipe produzido pela Kondzilla e com milhões de visualizações.

Foto: Reprodução/Instagram

MC Jotinha estava na cena desde os 4 anos

Jotinha começou cedo: quando tinha apenas 4 anos de idade, ele foi levado ao estúdio onde MC Roba Cena estava gravando a música ‘Poxa Vida‘, que fez sucesso muito na época.

O MC gravou a voz do garoto dizendo a icônica frase: “poxa vida, hein, uôu!”. Contudo, o nome de Jotinha não aparece e ele não foi creditado por isso.

Relembre o hit ‘Poxa Vida’, que conta com a participação do pequeno MC Jotinha:

Veja também:
Deolane diz que Deus falou com ela sobre morte de MC Kevin: 'era você ou era ele'

O funk ‘Kika uma vez, kika de novo’ ganhou diferentes versões feitos por diferentes DJs. A versão do DJ Kurinin, lançada em 2019, teve mais de 71 milhões de visualizações no YouTube.

MC Jotinha também o dono das músicas ‘Camisa de Time‘, que fala da vida com luxo e estilo do cantor, ‘Senta Novamente‘ e ‘Netflix Pipoca‘.

A carreira do MC estava crescendo e ele chegou até a se mudar para São Paulo para se dedicar ao funk. Contudo, com o início da pandemia, ele precisou cancelar a agenda de shows e teve que voltar para Duque de Caxias. De acordo com o amigo MC PR, ele estava trabalhando em um lava-jato para completar a renda.

Entretanto, Jotinha queria muito e planejava voltar a se dedicar totalmente à música ainda em 2021. Na última terça-feira (16), entretanto, ele teve a vida tragicamente interrompida após ser violentamente assassinado por tentar apartar uma briga em um bar do Rio de Janeiro.

A gravadora e produtora Master Gold, que cuidava da carreira do funkeiro, lamentou a morte de MC Jotinha, aos 17 anos.

A empresa encontra-se de luto, juntamente com a família do artista, que, tão jovem, foi responsável por hits nacionais como ‘Kika uma vez, Kika de novo’, dentre outros”, escreveu a produtora.

Veja a publicação da Master Gold sobre o falecimento do funkeiro no Instagram:

Assista ao videoclipe da música ‘Kika Uma Vez, Kika De Novo’, sucesso de MC Jotinha:

  • 3 LIVROS POR R$ 50!!! Inclusive quadrinhos em oferta, com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Só vale até o dia 26/11! Clique aqui.

Polícia invade palco e impede MC Poze de fazer show em Belém, no Pará

Compartilhar