Foto: divulgação

MC Livinho é contratado para jogar futebol no Audax, mas desiste no dia da apresentação

MC Livinho mal começou e já encerrou sua trajetória em outra área: o futebol. O funkeiro foi anunciado no último sábado (7) como reforço do Audax, time de Osasco, para a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista, mas desistiu na terça-feira (10), data em que seria apresentado como reforço do elenco.

Não é segredo para os fãs que MC Livinho tem intimidade com a bola nos pés. O cantor sempre comparece a jogos festivos de fim de ano, que reúnem atletas, ex-atletas e celebridades. Em 2019, ele chegou a negociar para reforçar o Oeste, outro time paulista que está na primeira divisão do campeonato local e a Série B do Brasileirão, mas acabou não dando certo.

Agora, com o Audax, Livinho havia fechado um contrato válido até o dia 31 de maio. Embora não tenha uma rotina de atleta profissional, a diretoria do clube garantiu que ele estava apto a atuar. Sua inscrição chegou a ser feita para disputar a Série A2 do Paulista, apontando seu nome, Oliver Decesary Santos.

Foto: reprodução / Audax

Porém, nesta terça (10), a coletiva de imprensa onde MC Livinho seria apresentado como reforço do Audax foi cancelada. O clube apontou “motivo de força maior”, com o produtor artístico Rodrigo Oliveira revelando, posteriormente, que o cantor teria de deixar o futebol “para uma próxima”, pois optou por continuar sua carreira na música.

Veja, abaixo, o comunicado divulgado pelo Audax para explicar o cancelamento da coletiva de imprensa:

“O Grêmio Osasco Audax vem a público informar que por motivos de força maior, a Assessoria de Imprensa do MC Livinho solicitou o cancelamento da entrevista coletiva previamente agendada para hoje (10 de março) ao meio-dia.

O Audax pede desculpas aos profissionais de mídia que demonstraram interesse em comparecer no evento. Infelizmente, a resolução do ocorrido está alheia aos nossos esforços. O clube deixa nossa estrutura e profissionais à disposição dos veículos de mídia para produzirem o conteúdo que desejarem.”

Veja também:
Anitta critica suposto projeto de Regina Duarte contra bailes funk: 'precisa conhecer'

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar