Foto: Divulgação

TVs cancelam homenagens a Michael Jackson pelos 10 anos de sua morte

No próximo dia 25 de junho, completam-se 10 anos desde a morte do ídolo pop Michael Jackson. Por esse motivo, diversos programas e emissoras de televisão haviam planejado as mais diversas homenagens ao cantor. No entanto, tudo foi por água abaixo após a intensa polêmica que se instaurou com o lançamento do documentário ‘Leaving Neverland’, que reacende acusações de pedofilia contra o músico.

Diversos profissionais relataram que o trabalho árduo realizado durante mais de um ano precisou ser jogado fora. Entre os projetos previstos, estavam duas séries – uma documental e outra de ficção – adaptadas do livro ‘Intocável: a estranha vida e a trágica morte de Michael Jackson’, do jornalista americano Randall Sullivan. A obra, publicada em 2012, reconta os últimos anos do cantor.

Os seriados contariam com materiais e depoimentos inéditos sobre a vida do artista, segundo a produtora Big Fish, que iniciou a tarefa de pesquisa há mais de um ano. Só que, em janeiro deste ano, o polêmico documentário, do diretor Dan Reed, foi exibido no Festival de Sundance.

O impacto do documentário foi imediato, conforme revela uma entrevista de Dan Cesareo, presidente da Big Fish, à revista ‘Variety’. Segundo ele, o canal que exibiria a série documental pulou fora rapidamente – ele preferiu não revelar o nome da emissora. “A sensação era que o projeto havia se tornado essencialmente tóxico. Ninguém queria encostar nele”, lembra o produtor.

Veja também:
Ludmilla leva bolada durante show em Portugal e revida; assista ao vídeo

O mesmo aconteceu com a série de ficção. “Quando ‘Leaving Neverland’ foi exibido em Sundance, as pessoas sequer retornavam nossas ligações”, completa Cesareo.

Outro projeto grandioso descartado foi a recriação do show ‘This Is It’, que Jackson planejava fazer antes de sua morte. A ideia do produtor Scooter Braun era reunir dançarinos do artista e cantores famosos num concerto que viraria, depois, um especial televisivo. O projeto, no entanto, sequer saiu do papel.

Filme sobre o macaco de Michael Jackson é cancelado pela Netflix

Compartilhar