Fotos: Divulgação/Reprodução

Netinho canta ‘Milla’ em evento político e autor da música fica possesso

O ‘Dia do Trabalhador‘, comemorado no último sábado (1º) em todo o mundo, foi marcado por manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro por todo o Brasil. Na Avenida Paulista, em São Paulo, o evento contou com a participação de artistas que compartilham dessa posição política, como o cantor de axé Netinho.

Na ocasião, ele cantou um trecho de ‘Milla, grande sucesso atemporal na voz do artista. O hit foi composto por Manno Goes – que não gostou nada de ver sua canção entoada naquele contexto.

Veja também:
Lembra dele? Netinho fala sobre problemas de saúde e revela tentativas de suicídio

Milhares de pessoas ignoraram as recomendações sobre isolamento social durante a pandemia, que continua causando vítimas fatais em todas as regiões do país e aglomeraram pedindo “intervenção militar”.

“Netinho ontem cantou ‘Milla’ no ato em que pessoas brancas, na Paulista, gritavam ‘eu autorizo’, para Bolsonaro. Autorizam o que? Golpe militar? Portanto, eu NÃO AUTORIZO esse débil mental de cantar minha música. Já entrei na Justiça e retirarei todos os vídeos que tiverem isso, publicou Manno Goes.    

Veja o vídeo do momento em que Netinho cantou ‘Milla’ em cima do trio elétrico:

Confira o tuite de Manno Goes sobre Netinho:

Não é de hoje que Netinho expõe publicamente sua posição política pró-Bolsonaro. Mesmo com diversas polêmicas, o cantor segue apoiando o presidente.

Veja também:
Netinho volta a cantar no Carnaval de Salvador cinco anos após AVC

Há um ano, ele compartilhou sua opinião conservadora e garantiu apoio a Bolsonaro em uma possível tentativa de reeleição, em 2022.

“Esse é o Bolsonaro que eu conheço, no qual votei, e que está levando o Brasil ao lugar que é dele no mundo! Que pronunciamento f*da”, disse na época.

Na legenda, completou:A esquerdolândia pode me chamar de gado, bolsominion, robô, puxa-saco, seja lá que idiotice for. Sem problema. Sou Bolsonaro SIM, com orgulho, e a minha campanha Bolsonaro 2022 não começou ainda”, disse ele, em março de 2020.

Relembre:

Netinho apoia pronunciamento de Bolsonaro e fala de ‘farsa’ sobre coronavírus

Compartilhar