Planta & Raiz se revolta contra o racismo em nova música: ‘Hey, Racista’

Um dos maiores nomes da história do reggae brasileiro está de volta com mais uma novidade! Cansados e desgostosos com as ondas de racismo e preconceito que vêm assolando o mundo nos dias de hoje, a banda Planta & Raiz anunciou o single ‘Hey, Racista’, para esta sexta-feira (20) – o Dia da Consciência Negra no Brasil.

A faixa já está disponível em todos os aplicativos de streaming de música e também no YouTube. Confira:

Carregada com um discurso de revolta ao racismo, o novo single da banda também é um convite à construção de novos pensamentos e um mundo novo.

“É muito triste ver que o mundo está regredindo e pensamentos retrógrados e arcaicos estão contaminando a sociedade novamente. Além de ser um desabafo e um grito de revolta, ‘Hey, racista’ também é um convite à reflexão e a construção de pensamentos e um mundo novo”, conta Zeider Pires, vocalista do grupo.

Veja também:
'Homem Invisível': no Dia da Consciência Negra, Péricles e Projota lançam música

Com influências de Steel Pulse e Toots and Maytals, um dos maiores nome do gênero no mundo, a música tem produção de Thiago Barromeu, diretor musical que já trabalhou com nomes como Ana Cañas e Gustavo da Lua (Nação Zumbi) e Zeider Pires.

O cantor ainda conta de quais são os próximos planos do Planta & Raiz para o ano que vem.

“Não vemos a hora de voltar para estrada com uma turnê linda. Quando tudo isso passar e estiver seguro, é a primeira coisa que faremos! Mas até lá, estamos planejando um single incrível para janeiro, produzindo mais algumas músicas e também começando a produzir uma turnê histórica”, revela.

Formado por Zeider Pires (voz), Franja (guitarra), Fernandinho (guitarra), Samambaia (baixo) e Juliano (bateria), e inúmeros hits atemporais como ‘Com Certeza’, ‘Tô no Barato’, ‘Desde as estrelas’, ‘Aquele Lugar’ e ‘Gueto do Universo’, essa em parceria com Chorão do Charlie Brown, o Planta & Raiz possui 21 anos de carreira e 12 álbuns lançados.

Iza: ‘as pessoas acham que a gente adora falar sobre racismo’

Compartilhar