Foto: Reprodução/YouTube

Projota, do ‘BBB 21’, pensou em se matar após críticas por gravar com Anitta

O rapper Projota foi um dos nomes anunciados para o grupo Camarote do ‘Big Brother Brasil 21’, a mais nova temporada do reality show da TV Globo. Em maio de 2020, ele fez um desabafo que chamou a atenção na internet.

Em meio à pandemia do coronavírus, Projota entrou na onda e estava realizando uma live-show. Na ocasião, o rapper revelou que entrou em depressão e pensou em se matar após críticas direcionadas a ele por ter participado de uma música da funkeira Anitta.

A canção, intitulada ‘Cobertor‘, foi lançada em 2014 como parte do segundo álbum da cantora, ‘Ritmo Perfeito’.

O comentário foi feito por Projota após cantar, justamente, a música ‘Cobertor’ durante a live.

“Como eu estava falando de ‘essência’… quando eu estava em 2011 e fazia uma música romântica, falavam ‘ah, não, para de fazer isso aí, não é rap, volta a fazer o que fazia em 2009’. Quando eu estava em 2013, diziam: ‘para de fazer isso daí, volta a fazer o que fazia em 2011’. Aí quando estava em 2014 e 2015, era: ‘para de fazer isso daí, volta com o de 2013′”, afirmou.

Veja também:
Pocah? Participante do 'BBB 21' é a antiga MC Pocahontas

Em seguida, o rapper disse que compôs a canção ‘Vozes na Sala de Estar‘ para refletir sobre o fato de ele apenas ser um cantor e não ter como controlar a opinião das pessoas. Então, ele citou o caso de ‘Cobertor’.

“Quando fiz ‘Cobertor’, vi no meu Facebook um monte de gente falando… um monte nada, a gente fala ‘um monte’, mas são umas seis pessoas. Só que machuca, né? Seis coisas ruins machucam pra caramba, mais do que mil elogios. Diziam: ‘mano, para, fez música com Anitta, funkeira, não vou mais ouvir você, estou parando de te seguir'”, disse.

Em outro momento, Projota foi mais direto em seus comentários e disse que as pessoas que o criticam alegando que ele teria deixado sua “essência”, na verdade, não conhecem a origem dele.

“O que vocês sabem da minha essência? Não sabem po**a nenhuma! Vai tomar no c*! Isso me revolta. Não sabe nada do que eu passei. Nem imagina! Não sabe, então não fala! Ouve a po**a da música e pronto! Não gostou, vai pro próximo. Caí em depressão por causa dessa po**a. Pensei em me matar por causa disso”, afirmou.

Veja:

Veja também:
Anitta revela por que está falando mais de política: 'de tanto me cobrarem posição'

Apesar das críticas de parte do público, ‘Cobertor’ foi uma das primeiras músicas de Projota a emplacar. Em seguida, a carreira solo dele conseguiu destaque com músicas como ‘Enquanto Você Dormia’, ‘O Homem Que Não Tinha Nada’ (com Negra Li) e ‘Linda’ (com Anavitória), entre outras.

Compartilhar