Foto: reprodução / YouTube

Shakira e Jennifer Lopez fazem espetáculo no show de intervalo do Super Bowl; assista

As cantoras Shakira e Jennifer Lopez realizaram, na noite do último domingo (2), o show de intervalo do Super Bowl 2020. A partida foi realizada no Hard Rock Stadium, em Miami, nos Estados Unidos.

O evento marca a última partida da temporada atual do campeonato de futebol americano da National Football League (NFL). Tradicionalmente, no intervalo, são realizadas apresentações de grandes artistas, como Michael Jackson, Madonna, Prince, Coldplay, Beyoncé, Bruno Mars, The Who e outros.

Veja também:
A turnê de Shakira no Brasil, que teve ingressos a R$ 5 e locais inusitados

O show foi dividido de forma quase cronometrada para que Shakira e Jennifer Lopez ocupassem o mesmo tempo, sem diferenças. Ao fim, as duas se juntaram para cantar ‘Let’s Get Loud’, de J-Lo, e ‘Waka Waka’, de Shakira.

A apresentação da cantora colombiana trouxe elementos da dança do ventre, performances dela na guitarra e bateria e participação de Bad Bunny. Já a americana, de descendência porto-riquenha, trouxe seu pole dance – bem apresentado no filme ‘As Golpistas’, que ela protagonizou em 2019 – e J Balvin como convidado.

Veja também:
Red Special: a guitarra que Brian May, do Queen, construiu com o pai

Feito no habitual formato de medley (pot-pourri), o show apostou nos hits. Shakira cantou sucessos como ‘Whenever, Wherever’, ‘Chantaje’ e ‘Hips Don’t Lie’, enquanto Jennifer Lopez apresentou ‘Jenny From The Block’, ‘Love Don’t Cost a Thing’ e ‘On The Floor’.

Assista:

Demi Lovato cantando o hino dos EUA

Vale destacar, ainda, outro momento musical da noite: a cantora Demi Lovato, que está voltando aos palcos após se recuperar de uma overdose e ser alvo de vazamento de nudes, mostrou talento ao fazer uma performance emblemática do hino nacional americano.

Veja:

Recado da NFL?

Com a escalação de Shakira e Jennifer Lopez para o Super Bowl 2020, em ano eleitoral nos Estados Unidos, há quem acredite que a NFL esteja passando uma mensagem ao público. O presidente Donald Trump, que tentará reeleição, tem chamado atenção por uma série de políticas que visam conter a imigração ileagl ao país. Em contraponto, a associação esportiva trouxe shows de duas cantoras de origem latinas.

Quando foram anunciadas para fazer o show, Shakira e Jennifer Lopez divulgaram notas bastante entusiasmadas.

J-Lo, por exemplo, comentou: “Desde que eu vi Diana Ross cantar, eu sonhei em estar no Super Bowl. E agora isso será ainda mais especial, não só por ser o centenário da NFL, mas também por tocar ao lado de uma artista latina. Eu não posso esperar para mostrar o que as mulheres podem fazer no maior palco do mundo”.

Já Shakira, mencionando seu aniversário – ela nasceu em 2 de fevereiro de 1997 -, disse: “Estou muito honrada por me apresentar ao lado de uma artista mulher e que representa o público latino dos Estados Unidos. Além disso, será meu aniversário”.

Veja também:
A turnê de Shakira no Brasil, que teve ingressos a R$ 5 e locais inusitados

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.