Fotos: Reprodução/Redes Sociais Sinéad O'Connor - cantora

Sinéad O’Connor morre 1 ano e meio depois da morte do filho

Sinéad O’Connor, consagrada cantora irlandesa, faleceu aos 56 anos esta quarta-feira (26), como noticiou a emissora pública da Irlanda, a RTE. A partida de Sinéad ocorre em um cenário de profunda tristeza, um ano e meio após a morte de seu filho Shane, que tinha apenas 17 anos quando morreu, em janeiro de 2022.

  • DESPENCOU! PlayStation 5 com o menor preço já visto no Brasil. Achou pouco? Pois saiba que o frete também é grátis! Clique aqui para conferir.

“Com um peso imenso no coração, compartilhamos a notícia do adeus à nossa querida Sinéad. Sua família e amigos estão desolados e solicitaram compreensão e privacidade durante este momento de grande dor”, declarou a família em um comunicado divulgado pela RTE. Ainda não foram reveladas as circunstâncias que levaram à morte de Sinéad.

A morte de Shane, filho da cantora, de acordo com o ‘Irish Times’, aconteceu após o jovem conseguir sair do hospital psiquiátrico onde estava sob cuidados devido a episódios de automutilação.

Depois do trágico falecimento do jovem, Sinéad compartilhou que ela mesma identificou os restos mortais de seu filho. Através de uma série de postagens emocionantes nas redes sociais, a cantora irlandesa questionou publicamente as circunstâncias que permitiram a saída do garoto do hospital.

No Twitter, Sinéad demonstrou estar arrasada com a morte do filho, e o homenageou:A luz da minha vida decidiu encerrar sua batalha aqui na terra hoje e agora está ao lado de Deus”.

Veja fotos de Sinéad com o filho que morreu há 1 ano e meio aos 17 anos:

Sinead O'Connor Sinead OConnor

Fotos: Reprodução/Instagram

Polícia revela detalhes da morte de Sinéad

Em uma revelação recente, a polícia britânica apresentou novas informações sobre as circunstâncias que envolveram a morte da aclamada cantora irlandesa, Sinéad O’Connor.

Veja também:
Sheila Mello expõe áudios com Scheila Carvalho após declaração polêmica

Segundo as autoridades, Sinéad, que marcou a história da música com o hit ‘Nothing Compares 2 U‘, foi encontrada sem vida em sua residência em Londres – para onde a cantora tinha se mudado recentemente.

Em um comunicado oficial, a polícia detalhou: “Recebemos uma chamada às 11h18 na quarta-feira, 26 de julho, para verificar a situação de uma mulher desacordada em um domicílio na área SE24″.

Esclareceram também que, embora o ocorrido seja trágico, não há indícios de circunstâncias suspeitas. A confirmação da morte da cantora, que tinha 56 anos, foi feita no local.

“Os familiares mais próximos já foram comunicados. Não estamos tratando a morte como suspeita. Um relatório será preparado pelo legista“, informaram as autoridades.

É importante lembrar que Sinéad O’Connor vinha enfrentando batalhas significativas, lidando com desafios de saúde mental e ainda sofrendo com a recente perda de seu filho, Shane, que faleceu em janeiro de 2022, com apenas 17 anos.

Apesar dessas adversidades, Sinéad havia se mudado para uma nova residência em Londres, com planos de compor e gravar novas músicas. Inclusive, realizou uma visita surpresa a um corpo de balé local, demonstrando seu espírito vibrante.

Veja fotos da casa onde Sinéad foi encontrada morte em Londres:

Casa - Sinéad O'Connor

Foto: Reprodução/Twitter

Casa - Sinéad O'Connor - Londres

Foto: Reprodução/Twitter

A jornada de Sinéad O’Connor

Sinéad O’Connor, uma verdadeira estrela do cenário musical irlandês, teve uma carreira marcada por momentos de grande sucesso e polêmicas. A estreia da cantora nos palcos do mundo veio em 1987, com o álbum aclamado pela crítica, ‘The Lion and the Cobra’.

Veja também:
Em busca da Alma Gêmea: afinal, quantas vezes o cantor Fábio Jr. já se casou?

Entretanto, o apogeu de sua carreira ocorreu com a chegada do segundo álbum, intitulado ‘I Do Not Want What I Haven’t Got’, em 1990. A canção mais emblemática do álbum foi ‘Nothing Compares 2 U‘, uma composição de Prince que colocou Sinéad no foco do público global.

O videoclipe dessa música, que destacava Sinéad com seu cabelo raspado e gola alta escura, interpretando de maneira sensível e intensa a canção, lhe trouxe grande reconhecimento.

Várias indicações ao Grammy surgiram, resultando na premiação da cantora na categoria de melhor performance alternativa. O clipe também foi eleito o vídeo do ano da MTV, destacando-se entre as produções femininas.

Sinéad O'Connor

Foto: Reprodução/Twitter

Mas a trajetória de Sinéad não foi feita só de sucessos. Nos anos seguintes, ela esteve envolvida em controvérsias, incluindo o momento em que rasgou uma foto do papa ao vivo no programa ‘Saturday Night Live’.

Uma importante mudança na vida da artista ocorreu em 2018, quando se converteu ao Islã, adotando o nome Shuhada Sadaqat. Ainda assim, Sinéad continuou a se apresentar usando o seu nome de nascimento.

Já no ano de 2021, ela compartilhou suas memórias no livro intitulado ‘Rememberings‘ e, no ano seguinte, um filme sobre sua vida foi dirigido pela cineasta Kathryn Ferguson.

Durante seus últimos anos, Sinéad expôs sua batalha contra o vício e os desafios relacionados à saúde mental. Ao deixar este mundo, a cantora de 56 anos deixa para trás um grande legado musical e três filhos.

  • DESPENCOU! PlayStation 5 com o menor preço já visto no Brasil. Achou pouco? Pois saiba que o frete também é grátis! Clique aqui para conferir.

Relembre um dos maiores sucessos de Sinéad O’Connor:

Veja também:
O polêmico relacionamento de Caetano Veloso e Paula Lavigne

Após perder o filho, Sinead O’Connor ameaça suicídio e precisa ser internada

Compartilhar