Foto: divulgação

Vitão desabafa sobre tristeza ao ler ofensas na web em entrevista a Zeca Camargo: ‘atinge’

O cantor Vitão abriu o jogo em entrevista ao podcast ‘Pop Story’, produção exclusiva da Deezer com o jornalista Zeca Camargo. O artista revelou detalhes de sua carreira e falou sobre as polêmicas ligadas ao seu relacionamento com Luísa Sonza.

Vitão, que lançou a música ‘Califórnia’ recentemente, disse que se inspirou na música ‘De Repente Califórnia’, de Lulu Santos. “Conversei bastante com Lulu sobre isso e ele recebeu de forma carinhosa e generosa. […] Tive muitos anjos que passaram na minha vida. Projota, Anitta, Ivete Sangalo… todas essas grandes colaborações musicais que fiz foram divisores de água na minha carreira. ‘Sei lá’, com o Projota, foi a primeira vez que minha voz tocou na rádio”, afirmou.

Veja também:
Vitão é alvo de piadas por dicção em vídeo cantando com Luísa Sonza no MTV Miaw

Ele contou que aproveitou a quarentena para criar – já compôs mais de um álbum inteiro, enquanto conciliava com alguns shows no formato drive-in. “A mesma coisa não é, não tem muito como jogar pra plateia, o barulho ao invés de palma é buzina, mas como artista, eu estava com muita saudade de subir no palco. Então, mesmo a galera estando dentro do carro, minha energia continua sendo a mesma”, conta.

Ao falar de Luísa Sonza, Vitão admitiu que fica chateado com os comentários negativos na internet. “Atinge. A gente lê coisas na internet e às vezes bate uma tristeza, um questionamento, umas dúvidas sobre nós mesmos. Isso que aconteceu de muito ódio da internet sobre nosso relacionamento e como as coisas aconteceram só me mostrou uma parada que já sabia que existia há muito tempo mas dessa vez vi nitidamente, que é o ódio que muitos brasileiros têm no coração – e a internet é um campo muito fértil para você fazer isso”, disse.

Veja também:
Vitão nega 'talaricagem' com Luísa Sonza, aponta machismo e diz: print 'meu casal' é fake

Por outro lado, ele revelou que ele e Luísa Sonza não têm muito sobre o que se preocupar. “Nós somos artistas que tem a arte para sustentar isso. Se fosse um artista sem competência, isso ia derrubar”, afirmou.

Para ouvir o podcast na íntegra, acesse a plataforma Deezer. É necessário ter cadastro no aplicativo.

Compartilhar