Fotos: Reprodução/Instagram

Xiii! Alok é processado pela Itaipava após ir ao Camarote Brahma no Carnaval

Alok se envolveu em um imbróglio judicial após ter aceito o convite para tocar no Camarote N1, no Carnaval da Sapucaí 2022. O motivo?

O DJ era garoto propaganda da cerveja Black Princess, que pertence ao Grupo Petrópolis, dono da cerveja Itaipava. Já o Camarote N1 é patrocinado pela Brahma, concorrente direta da Itaipava no Brasil.

  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

Para não ficar tão evidente, Alok até tirou a marca Brahma da parte da frente de sua camiseta, mas ela permaneceu nas costas do DJ, que compartilhou fotos e vídeos do evento nas redes sociais.

Veja também:
DJ Alok assina nova coleção de óculos com pendrive acoplado

Considerado o maior DJ do Brasil e um dos maiores do mundo, Alok é seguido por mais de 27 milhões de pessoas no Instagram.

As músicas dele são sucesso absoluto e todo esse destaque enquanto artista o possibilita assinar contratos de publicidade milionários com diversas marcas. A Itaipava era uma delas.

Depois da decisão do DJ em tocar no camarote da cerveja concorrente, ele está tendo que lidar com as consequências.

O Grupo Petrópolis solicitou que Alok apagasse as publicações feitas no Camarote N1, mas o DJ negou. Depois Alok pediu para ter seu contrato mudado e deixar de ser garoto propaganda da Black Princess, passando a representar apenas a marca de energéticos do grupo – o que não foi aceito.

Alok pode ter que pagar R$ 17 milhões

Agora, a Itaipava pede cerca de R$ 17 milhões do DJ e de empresas envolvidas. Segundo informações do colunista Leo Dias, do jornal ‘Metrópoles’, o vínculo entre Alok e o Grupo Petrópolis é de R$ 20 milhões e tinha duração de 5 anos.

Metade desse valor já teria sido pago para o DJ, que teve sua imagem atrelada aos produtos. Após os últimos acontecimentos, o grupo pede o montante de volta, além do pagamento de uma multa.

Veja também:
Romana Novais revela que Alok não usa aliança e explica o motivo

Ainda de acordo com Leo Dias, as outras empresas incluídas no processo são A-Branding LTDA e Alive LTDA. O Grupo Petrópolis também estaria buscando a condenação das empresas Lopes Oliva LTDA e Cross Networking LTDA.

No total, a empresa pede R$ 17.290.000 do DJ Alok e das outras partes envolvidas.

Foto: Divulgação

  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

Romana Novais revela que Alok não usa aliança e explica o motivo

Compartilhar