alok

Pelo menos 260 corpos já foram encontrados em rave do pai de Alok

Um ataque do grupo armado Hamas em Israel resultou em uma tragédia durante o festival de música eletrônica ‘Universo Paralello’, onde o DJ Juarez Petrillo, pai dos DJs Alok e Bhaskar, estava presente.

O evento ocorreu no deserto de Negev, próximo à Faixa de Gaza. Juarez Petrillo filmou o momento em que o festival foi abruptamente interrompido devido à chegada de homens armados do grupo extremista. As imagens mostram fumaça no céu e pessoas em movimento.

Veja:

Os ataques ao país ocorreram no sábado (7) e entraram em seu segundo dia no domingo (8). Segundo as autoridades locais, pelo menos 1.120 pessoas morreram, incluindo 700 em Israel, 413 na Faixa de Gaza e sete na Cisjordânia.

Além disso, milhares de pessoas ficaram feridas. O balanço mais recente aponta que pelo menos 260 corpos foram encontrados no local do festival.

Pai de Alok está seguro

Alok confirmou que seu pai está seguro e abrigado em um bunker em Israel. Ele também expressou sua tristeza e solidariedade às vítimas e desaparecidos no conflito.

Veja também:
Entrevistador quase morre de chorar em papo com Isabel Veloso; assista

O Comando da Aeronáutica do Brasil tem seis aviões destinados à operação de resgate dos brasileiros que estão em Israel, incluindo Juarez Petrillo.

O ataque surpresa do Hamas contra Israel foi um dos mais mortais em décadas e pode ter implicações significativas para a segurança regional.

O grupo lançou uma enorme barragem de foguetes contra o sul de Israel, dando cobertura a uma infiltração multifacetada e sem precedentes de combatentes em Israel a partir de Gaza.

Esposa de Alok é criticada por look escolhido para o casamento do cunhado

Compartilhar