Fotos: reprodução / Instagram

Carla Perez já chegou a desmaiar de dor em shows do É o Tchan

Carla Perez é uma das mais notáveis ex-bailarinas do É o Tchan. Ela integrou o grupo de 1995 a 1998 e pegou uma parte do período em que a banda mais fez sucesso.

A cansativa rotina foi um dos motivos pelos quais Carla Perez acabou saindo do É o Tchan. Em entrevista ao ‘Altas Horas’, da TV Globo, a dançarina contou que já chegou a desmaiar de dor pelo trabalho em cima do palco.

“Eu fiquei mais ou menos dois anos no É o Tchan e, por quase 1 ano, dancei com o joelho para operar, fazendo pulsão dentro do camarim. Cheguei até a desmaiar de dor, mas tive que me recompor e voltei para o palco sorrindo”, revelou.

Veja também:
Quanto artistas e influenciadores cobram por live? Veja os valores, segundo jornalista

Em seguida, Carla refletiu sobre o fato de não poder demonstrar qualquer tipo de fraqueza em cima do palco. “Foi mais ou menos 1 ano judiado, mas as pessoas não sabiam o que tava acontecendo. A gente sempre está com o sorriso no rosto, dançando, e está tudo certo”, disse.

A humorista Dani Calabresa, que participava da entrevista, complementou: “Artista é isso. A gente vai para o palco esbanjando tanta alegria que não tem quem diga que você estava com dor. Você fazia a plateia inteira decorar o que você estava dançando e tudo isso com dor no joelho”. E Carla concluiu: “E eu operei duas vezes o joelho”.

Ainda durante o bate-papo, Dani se recordou de quando contratou uma apresentação do É o Tchan para uma festa particular. “Eu fui a um show, paguei e eles até tocaram no meu aniversário. Fiz esse investimento, meus pais não têm mais apartamento, mas valeu cada centavo. Foi a melhor festa da vida. E eu amo muito por causa da Carla Perez”, disse.

Apesar de não trabalhar mais como bailarina, Carla Perez costuma matar a saudade em algumas ocasiões específicas. Em outubro de 2019 e março deste ano, ela se reuniu com o É o Tchan e acabou dançando um pouco com o grupo. Relembre:

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar