Foto: divulgação

Polícia Civil intima Eduardo Costa a depor sobre acusações de ameaça

O cantor Eduardo Costa foi intimado pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (8), a depor sobre as acusações de ameaça envolvendo a ex-noiva, Victória Villarim, e seu atual namorado, o também sertanejo Clayton Lemos, que faz dupla com Romário. A informação é do portal ‘G1’.

Na última terça-feira (7), em entrevista ao jornalista Leo Dias, do ‘Uol’, Victória Villarim acusou Weliton Costa, irmão de Eduardo Costa, de ter enviado um áudio de WhatsApp “ameaçando matar todas as pessoas que estiverem” ao lado dela. A ação teria sido a mando do cantor. Eduardo havia negado, mas voltou atrás e admitiu, também a Leo Dias, que a situação ocorreu.

Veja também:
Eduardo Costa volta atrás e admite ameaça de irmão à ex-noiva

Segundo o ‘G1’, agentes da Delegacia Adjunta ao Juizado Especial Criminal (Deajec) da cidade de Belo Horizonte foram até a casa de Eduardo Costa, no bairro Bandeirantes, e entregaram a intimação a um funcionário, pois o cantor não estava em casa. Outras informações não foram divulgadas, mas o site revelou que a data do depoimento deve ser no dia 15 de janeiro.

Em nota, a assessoria de Eduardo Costa disse que o cantor está à disposição da Justiça. “O cantor Eduardo Costa está à disposição da Justiça para prestar todos os esclarecimentos sobre os últimos acontecimentos que só chegaram ao seu conhecimento, na data de ontem (7), através da mídia. Uma data já foi marcada e o cantor se apresentará para prestar o depoimento. Por orientação dos advogados de Eduardo, a data e o local não serão divulgados”, diz o texto.

A confusão

Eduardo Costa descobriu, após contratar um detetive particular, que um de seus então amigos – Clayton Lemos, da dupla com Romário – está envolvido com sua ex-noiva, a modelo Victória Villarim, de quem estava separado desde abril de 2019. Sentindo-se traído, Eduardo encerrou a amizade e a história acabou em confusão: Clayton chegou a procurar a polícia para registrar um boletim de ocorrência por ameaça.

Veja também:
Eduardo Costa descobre que ex está com amigo cantor, que o denuncia por ameaça

Apesar do término, Eduardo Costa e Victória Villarim eram amigos e o cantor ajudava a ex em termos financeiros. Então solteira, Victória envolveu-se com Clayton. Cientes de que Eduardo não gostaria da situação, o casal manteve segredo sobre a relação, mas o sertanejo ficou desconfiado.

Clayton e Romário eram afilhados musicais de Eduardo Costa e ele vinha investindo dinheiro na carreira da dupla. Com a confusão, além do encerramento da amizade, também finalizaram-se as parcerias de negócio.

Veja também:
Irmão de Eduardo Costa teria ameaçado matar família da ex do cantor

A situação ganhou contornos mais graves após Clayton registrar boletim de ocorrência, alegando ter sido ameaçado por Eduardo Costa. Victória Villarim também confirmou a intimidação e disse que o crime foi cometido por Weliton Costa, irmão de Eduardo, que tem publicado fotos com armas nas redes sociais.

Imagens de Weliton Costa, com armas, nas redes sociais (Fotos: reprodução / Instagram)

Em entrevista a Leo Dias, Victória Villarim acusou Weliton Costa de ter enviado um áudio de WhatsApp “ameaçando matar todas as pessoas que estiverem” ao lado dela. Eduardo havia negado, mas, agora, admite que a situação ocorreu.

Inicialmente, também a Leo Dias, Eduardo Costa negou as ameaças e disse que Weliton havia sido vítima de clonagem de celular. Ele chegou a afirmar que um hacker teria usado alguma técnica de falsificação de voz para se passar pelo irmão no áudio.

Poucas horas depois, o cantor sertanejo procurou Leo Dias e voltou atrás. Ele disse ter descoberto que Weliton, realmente, enviou um áudio para Victória Villarim e que o irmão está arrependido. O artista pediu desculpas em nome dos dois.

“Eu não sabia que meu irmão tinha mandado um áudio. Eu descobri que ele mandou, sim. Não foi nem ele que me falou porque eu não consegui falar com ele, mas fiquei sabendo que ele mandou sim. Ele já se arrependeu de ter mandado (o áudio). Foi num momento de raiva, de fúria, num momento de nervosismo em que ele perdeu o controle, porque meu irmão me tem como pai, já que eu cuidei dele desde bebê”, declarou o cantor.

Veja também:
Eduardo Costa fala sobre sua juventude: 'fome e humilhação muito grande'

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar