Fotos: Reprodução/Instagram

Pai e irmão se juntam à Walkyria Santos e lamentam morte cruel de Lucas

O pai e o irmão de Lucas Santos, filho da cantora de forró Walkyria Santos, se pronunciaram nas redes sociais após o suicídio do adolescente de apenas 16 anos na última terça-feira (3).

Assim como a mãe do garoto, eles demonstraram revolta com relação aos comentários violentos que se espalham na internet e que tristemente levaram Lucas a tirar a própria vida.

César Soanata também é cantor e usou sua conta no Instagram para falar sobre a maior tristeza que poderia sentir na vida, a morte de seu filho.

“Eu já falei ontem, no velório do meu filho, já falei hoje de novo e vou falar milhares de vezes se for necessário. A morte do meu filho não vai passar em branco“, disse ele.

Veja também:
Vídeo que levou filho de Walkyria Santos à morte era uma brincadeira: 'sou hetero'

A vida é muito mais que uma curtida nas redes sociais, muito mais que uma postagem com visualizações. A humanidade está totalmente doente […] A depressão, infelizmente, agora eu tô sentindo na pele, porque a gente acha que só acontece na casa do vizinho. E infelizmente aconteceu na minha casa e eu não estava perto pra poder tentar fazer algo“, afirmou o pai de Lucas.

Ele incentivou pais de crianças e adolescentes a prestarem mais atenção em seus filhos e participarem mais ativamente na vida deles.

“Nunca é tarde pra procurar apoio e ajuda. Vocês, pai e mãe, façam questão de estar perto de seus filhos o máximo que puder. Façam questão de deixar claro pra eles que vocês não são só pai e mãe e que vocês são os amigos que dão a vida por eles. Para que o jovem possa entender que conversar com o pai e com a mãe não é a certeza de que será castigado ou punido e sim, ouvido, afirmou César, muito abalado.

O pai de Lucas disse que não vai buscar culpados, pois isso não trará Lucas de volta.

O que eu quero é, a partir de hoje, tentar fazer com que outros jovens não façam o que ele fez e pra que outras famílias não passem pelo que a gente está passando”, concluiu ele.

Assista ao vídeo publicado por César Soanata no Instagram:

Outro filho de Walkyria Santos também se manifesta

Bruno Santos, de 20 anos, é irmão de Lucas e também desabafou após a morte dele, exatamente nas mesmas redes sociais em que pessoas desconhecidas com comentários maldosos atingiram tanto seu irmão, o levando a se matar. De acordo com o jovem, está difícil acreditar que tudo isso seja verdade. 

Veja também:
Walkyria Santos não consegue ir ao enterro do filho e se manifesta novamente

“Ainda sem acreditar em tudo isso. Perdi uma parte de mim, que nunca mais vai voltar. Por causa do ódio gratuito nas redes, meu irmão se foi, por causa de pessoas que se acham no direito de julgar e apontar, ele se foi”, escreveu Bruno.

Ele falou sobre a desumanidade das redes sociais, em que pessoas esquecem que estavam lidando com seres humanos e agem com maldade.

“É um ambiente doentio e podre. Cheio de pessoas que se acham no direito de julgar o outro, apontar, decidir e isso é certo ou não, baseado apenas no que elas acreditam. E, caso vá contra o que acreditam, o próximo passo é ‘cancelar’, como se fossem um usuário e senha de um joguinho“, escreveu Bruno Santos.

O irmão de Lucas ainda disse mais: Isso não é um jogo, gente. Isso é a po*** da vida real. E eu, simplesmente, não consigo entender de onde vem tanto ódio. O meu irmão se foi. Mas ele não tirou a própria vida, não. A internet matou ele. Comentários de ódio mataram ele. Os juízes da internet mataram ele“, disse Bruno.

O jovem concluiu sua fala mandando uma mensagem ao irmão e prometendo alertar cada vez mais pessoas sobre essa triste, revoltante e inconcebível realidade das redes sociais.

Meu coração está em pedaços e não sei como vou colar tudo de novo. Eu te amo, meu irmãozinho. Que Deus te guarde no melhor lugar, ao lado dele! Estarei aqui te dando orgulho, porque sei que você está assistindo tudo dai de cima. Prometo que sua morte não passará em branco! As pessoas ainda vão me ouvir! Prometo que vou dar minha vida para salvar todos dessa crueldade para que não passem pelo que você passou”, concluiu ele.

Veja:

Captura de tela: Reprodução/Instagram

Walkyria Santos, mãe de Lucas, postou uma ilustração que traz a imagem de uma mãe que perdeu o filho.

Nunca vi mulher mais forte do que aquela que precisou devolver um filho ao céu“, diz a imagem. Na legenda, ela escreveu: “Essa não sou eu Deus… Senhor escuta o meu clamor Pai, me ajuda me ajuda”. 

Após algumas aparições para falar com seguidores e internautas sobre a morte do filho, Walkyria afirmou que vai dar um tempo das redes sociais, pois o sofrimento está muito grande.

Vou estar me refugiando com a minha família na fazenda do interior. No momento, não tenho condições de conversar. Meu coração tá desolado, destroçado. Mas agradeço toda essa bandeira que vocês estão levantando”, afirmou ela.

Confira uma homenagem publicada por Walkyria no Instagram:

Veja também:
Fenômeno do Forró, Walkyria Santos chora morte do filho: 'a internet está doente'
Compartilhar