Fotos: reprodução / Instagram

Esquema é feito para evitar encontro de Gusttavo Lima e Wesley Safadão, diz site; assessoria nega

O site do jornal ‘Extra’ apurou que um esquema foi montado pela produção da banda Calcinha Preta para receber participações dos cantores Gusttavo Lima e Wesley Safadão em um show – e impedir que os dois se encontrassem. O grupo realizou uma apresentação que foi gravada para um novo DVD, no último dia 5 de fevereiro, em Aracaju, Sergipe.

Segundo a publicação, foi montado uma espécie de um cordão de isolamento, com seguranças, para que Gusttavo Lima saísse de um carro diretamente para o palco do show. Wesley Safadão, por sua vez, teria ficado sozinho em um camarim mais distante até o momento de sua performance.

Veja também:
Gusttavo Lima quebra silêncio e explica por que não vai mais à Globo

O texto aponta que houve uma orientação para que a produção evitasse, ao máximo, que Gusttavo Lima e Wesley Safadão se encontrassem. Ainda de acordo com o veículo, a intenção é fazer o mesmo no festival Olinda Beer, em Pernambuco, no próximo domingo (16) – os dois artistas vão se apresentar no evento, mas a estrutura não deverá permitir o mesmo resultado obtido em Aracaju.

A assessoria de Wesley Safadão enviou uma nota ao ‘Extra’ para negar qualquer desentendimento entre ele e Gusttavo Lima. Ainda segundo a representação do cantor, os dois estão trabalhando em um projeto em conjunto.

“Não foi montado nenhum esquema para isso acontecer. Inclusive Wesley Safadão e Gusttavo Lima no ano passado tiveram reuniões para que nesse ano de 2020 realizassem projetos juntos. Infelizmente, pessoas passaram essas informações que não são verdadeiras, para criar fake news”, afirma a nota.

Veja também:
Compositor processa Gusttavo Lima por direitos autorais e pede R$ 20 milhões

Gusttavo Lima vs. Wesley Safadão

A confusão entre Gusttavo Lima e Wesley Safadão começou em julho de 2019. Gusttavo publicou uma série de vídeos no Instagram para apontar suposta perseguição de “concorrentes” na música, que tentam “derrubá-lo” – e vários fãs entenderam que a indireta teria Safadão como alvo.

“A gente lança um evento numa cidade tal, sempre vem alguém querendo uma semana antes lançar outro show querendo prejudicar. Eu não vou desejar o mesmo porque tudo que vai, volta, e ultimamente estou preferindo ter paz do que ter razão”, afirmou Gusttavo Lima, inicialmente, na ocasião.

“Peço que continuem me perseguindo, porque quanto mais vocês me perseguem, mais Deus abençoa e as coisas dão certo pra mim. Então, quando vocês virem aí show com diferença de uma semana pro outro, de um dia pro outro, na mesma cidade, mesmo local, mesma região, podem ter certeza que tem muita maldade, muita perseguição”, completou.

Na época, Wesley Safadão negou, via Instagram Stories, que tenha tomado qualquer atitude para prejudicar Gusttavo Lima e apontou que o cantor não o seguia no Instagram há mais de um mês. Dias depois, em entrevista à rádio ‘Metropolitana’, Safadão disse que tem relação tranquila com Gusttavo, mas que não o considerava como um de seus melhores amigos”.

“Da minha parte, [essa relação] está muito tranquila. Não tive oportunidade de conversar com ele. Na verdade, o Gusttavo nunca foi um dos meus maiores amigos da música, mas a gente nunca teve nada”, explicou Safadão, na época.

Veja também:
Gusttavo Lima distribui linguiça para os fãs durante show; assista

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.