Fotos: reprodução / Instagram e YouTube

Miley Cyrus pediu para direção do VMA tratá-la como homem e foi desrespeitada

Miley Cyrus revelou que sua participação na edição deste ano do MTV Video Music Awards, realizada no último domingo (30), não ocorreu da forma desejada. A cantora disse que pediu aos diretores da atração para ter o mesmo tratamento dos artistas homens, já que estava sendo alvo de machismo.

A revelação foi feita em entrevista ao podcast de Joe Rogan. Miley contou que estava ensaiando, junto da equipe técnica, a sua performance da música ‘Midnight Sky’, que a trouxe em cima de uma bola de discoteca.

Em dado momento, ela pediu para que fosse desligada a “beauty light”, um tipo de iluminação notável por “dar beleza” e, segundo a cantora, usada apenas em mulheres. “Você nunca diz pra Travis Scott ou Adam Levine (Maroon 5) que eles não podem desligar a beauty light”, relatou, pedindo que fosse disparada uma luz na cor vermelha.

Veja também:
Miley Cyrus divulga a música 'Midnight Sky', com clipe retrô e sensual; assista

Os diretores concordaram e disseram que dariam a ela o mesmo tratamento que dão aos artistas homens. No entanto, pouco tempo depois, eles se irritaram quando o bracelete da cantora ficou preso na estrutura. “Você quer ser tratada como um cara, mas não estaríamos lidando com coisas assim se você fosse um cara”, declarou um dos responsáveis pela equipe técnica do VMA.

Ácida, Miley Cyrus rebateu o diretor dizendo: “Um cara não estaria fazendo isso porque ele não venderia sexo em suas apresentações como eu vou. E eu estou ciente disso”. Ela descreveu esse diálogo como “ridículo” e “constrangedor”.

O momento da entrevista em que ela fala sobre esse assunto foi divulgado em um vídeo separado nas redes. A filmagem já conta com mais de 80 mil visualizações.

Assista:

Controvérsias à parte, a performance de Miley Cyrus no VMA 2020 ocorreu normalmente. O evento aconteceria no Barclays Center, em Nova York, Estados Unidos, mas foi espalhado em vários estúdios da cidade devido à pandemia do novo coronavírus. A cerimônia tradicional, com público e shows ao vivo, não aconteceu desta vez.

Veja também:
Anitta publica fotos de ensaio sem roupas e Miley Cyrus deixa comentário

Veja:

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar