Foto: reprodução / YouTube

Grupo gospel Preto no Branco lança clipe com temática LGBTQI+ e quebra barreiras; assista

O grupo gospel Preto no Branco lançou, nesta sexta-feira (6), nas plataformas digitais, o videoclipe da música ‘Meu Lugar é Seu Amor’.

Protagonizado pelo ator Guilherme Baptista, de orientação bissexual, o clipe trata sobre a temática LGBTQI+, um tema delicado – e importante – no meio gospel.

Assista:

Em material de divulgação, Alex Passos, criador do grupo Preto no Branco, comentou por que uma banda famosa pelos seus hinos de louvor resolveu abordar um assunto que ainda é tratado praticamente como invisível nesse meio. “Por conta da falta de informação, acham que pessoas LGBTQI+ não são dignas de buscar a Deus. Como se Deus não os amasse como pessoas. A inspiração veio de um inconformismo“, afirmou.

O criador da banda, que também foi o responsável pela direção do clipe, pontuou que ‘Meu Lugar é Seu Amor’ fala “sobre o amor de Deus a todas as pessoas, indistintamente, independentemente de suas orientações de gênero”. A faixa foi lançada originalmente no dia 14 de janeiro, mas só nesta sexta (6) ganhou clipe.

Veja também:
Isaías Saad desafina ao cantar no 'Encontro' e internautas repercutem

“Poderíamos ter escolhido a história de um viciado em drogas, por exemplo, que também sofre preconceito, violência, rejeição e discriminação. Mas optamos por um tema muito importante e atual, contando a história de uma pessoa de orientação LGBTQI+ que passa pelos mesmos problemas“, afirmou Alex Passos.

‘Meu Lugar é Seu Amor’ foi composta por Clóvis Pinho e Estevão Queiroga. A faixa traz trechos como: “Uma história não é um momento / É uma estrada que se faz no tempo / Quem me vê, não pode ver minha dor / Ninguém sabe o que acontece dentro”. E a letra interpretada pelo Preto no Branco vai mais além: “Mais um dia, mais um julgamento / Se eu fugir de mim pra onde vou? / Mas eu sei que Deus me conhece mais que eu / Mesmo vendo o que ninguém mais vê / Deus me ama e quer me proteger“.

Para Alex Passos, a mensagem deixada pelo Preto no Branco é a de que o amor de Deus cabe para todo mundo. “As coisas que precisam ser mudadas na vida da pessoa, serão mudadas na caminhada com Cristo. É o andar com Deus que transforma o que tem que ser transformado“, afirma. “A gente não está aqui para condenar, mas sim para dizer que Deus ama e recebe todo mundo“, completa.

Fundado em 2015, em Belo Horizonte, o Preto no Branco se destacou na cena gospel ao misturar samba, pop e soul, em uma salada de black music. O maior hit da banda até o momento é ‘Ninguém Explica Deus’, que acumula mais de 400 milhões de visualizações no YouTube.

Veja também:
Vídeo de cantora gospel agredindo sogra idosa viraliza e ela se explica

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar