Fotos: Reprodução/Instagram

Roberto Carlos pede para fãs quebrarem tradição de aniversário e não irem à casa dele

Um dia especial para a música brasileira. Nesta segunda-feira (19), Roberto Carlos está completando 80 anos. Pensando no combate à pandemia da Covid-19, o Rei garantiu que não terá saidinha na varanda, que já era uma tradição em seu aniversário.

O cantor pediu aos fãs que não fossem até a porta de sua casa, na Urca, no Rio de Janeiro, e que evitassem aglomerações.

Veja também:
Roberto Carlos: a verdade sobre como o cantor perdeu a perna

“Eu estarei recebendo esses abraços, esse carinho e todo esse amor à distância, que é como deve ser feito nesse momento. Brindo sempre à saúde, ao amor, à felicidade e às bênçãos do nosso Deus de bondade”, disse.

Quero pedir é que levem a sério, que sigam rigorosamente as orientações das autoridades do setor de saúde. Usem máscaras, lavem as mãos, usem álcool em gel, mantenham o distanciamento social o máximo possível e tomem a vacina. Isso com certeza vai ajudar muito a acabar com esse problema”.

Confira o comunicado publicado na página oficial do artista:

Roberto Carlos fala sobre a idade

Roberto Carlos disse, ainda, em uma entrevista que se sente mais novo e não tem dificuldade em ‘aceitar’ que chegou aos 80, pois como eles vieram pouco a pouco, o ‘peso’ da idade é amenizado.

“O importante é que eu me sinto bem e me sinto com menos idade do que a que tenho”, disse em entrevista ao jornal ‘O Dia’. Chegar aos 80 anos não me assusta porque isso vem acontecendo gradativamente”.

Na noite do último domingo (18), a TV Globo exibiu uma homenagem ao cantor no ‘Fantástico’. Na ocasião, a emissora exibiu um vídeo de Caetano Veloso cantando ‘Se Você Pensa, canção de Roberto e seu parceiro na música, Erasmo Carlos.

Veja também:
10 curiosidades sobre a vida e carreira de Roberto Carlos

Assista:

Grande estrela da Jovem Guarda, Roberto Carlos tomou a vacina contra a Covid-19 há pouco tempo e incentiva seus amigos e admiradores a fazerem o mesmo, quando a vez deles chegar.

Defendo, de verdade, a ciência. A ciência é que realmente pode orientar o povo, o que deve ser feito em relação à vacina, a importância da vacina”, disse Roberto.

“Defendo a ciência e tudo que alguém diz em nome da ciência. Me vacinei, estou mais tranquilo e, agora, estou para receber a segunda dose da vacina, mas estou mantendo os mesmos cuidados de sempre. Repito: a vacina é muito importante e todos devem se vacinar. Vacina, sim!”.

Veja também:
Dívida de IPTU faz prefeitura de SP pedir penhora de bens de Roberto Carlos
Compartilhar