Foto: Reprodução/Instagram

Anitta tem condição com nome inusitado, mas que é real: ‘cistite de lua-de-mel’

Anitta fez uma revelação sobre sua intimidade recentemente que vem repercutindo até hoje nas redes sociais. Durante uma entrevista, a cantora disse que costuma ter “cistite de lua-de-mel” após se relacionar sexualmente com um homem que tenha o órgão sexual mais avantajado.

  • Moda para celebrar todos os estilos, com ofertas imperdíveis e opções de frete grátis? Confira esse GUIA DE PRESENTES de Natal com preços inacreditáveis. Clique aqui.

A funkeira estava sendo entrevistada por Sabrina Sato para seu canal no YouTube quando foi questionada sobre um fato que mostra que ela é gente como a gente, mesmo sendo uma artista tão famosa no Brasil e no exterior também.

Veja também:
Confinados juntos, duas ex falam sobre 'dote' de Tiago: 'não precisava de cirurgia'

Sem hesitar, Anitta contou que, sempre que faz sexo com um homem com pênis maior que a média, sofre com uma inflamação incômoda no dia seguinte. Segundo a funkeira, nesses dias fica “difícil até andar”.

“Eu não posso transar com alguém muito avantajado que não consigo caminhar no dia seguinte. É horrível! E não tem nada a ver com bactéria, não, gente, é porque já socou muito lá e aí inflamou, entendeu?”, contou Anitta diretamente dos Estados Unidos para Sabrina Sato.

Foto: Reprodução/Instagram

Anitta: o que é a “cistite de lua-de-mel”?

Também conhecida como ‘cistite pós-coito’, nada mais é do que uma inflamação que acomete a uretra e a bexiga após uma relação sexual.

A inflamação foi nomeada assim pois antigamente era comum que as mulheres só fizessem sexo após o casamento, na lua-de-mel. Assim, acordavam no dia seguinte sentindo um incômodo fruto de um quadro inflamatório.

Veja também:
Sérgio Reis admite que tem prótese peniana: 'preciso namorar, mas eu que paguei'

“Cistite é uma inflamação na bexiga, órgão responsável por armazenar a urina antes que ela seja eliminada do corpo pela uretra. A atividade sexual é uma das principais causas dessa inflamação, mas não pelo tamanho do pênis, como citou Anitta, e sim por causa do atrito que ocorre durante as relações, que pode irritar a uretra ou levar bactérias do ânus ou da vagina para o trato urinário“, explicou Bruna Alves, colunista do portal especializado em saúde do ‘Uol’.

Em 80% dos casos, a cistite é causada pela bactéria Escherichia coli. Ela vive no intestino humano e não causa problema enquanto está lá. Contudo, pode infeccionar a uretra.

As mulheres são mais vulneráveis a ter essa inflamação do que os homens, devido à sua anatomia corporal. Metade delas terão, pelo menos, um episódio de cistite na vida.

Principais sintomas da cistite

Dor ou ardor ao urinar; vontade de urinar o tempo todo, dor no baixo ventre; urina escura, turva, com presença de sangue ou com cheiro estranho; fraqueza, irritabilidade ou mal-estar.

Ao sentir um ou mais sintomas, a mulher precisa procurar um médico e realizar o tratamento necessário, que costuma ser feito com antibióticos.

Veja também:
Zé Neto ironiza colega sertanejo ao descobrir sobre cirurgia de aumento peniano

Caso a paciente não procure um médico, pode sofrer complicações da cistite e sentir dor nas costas, náusea, ter febre, perda de apetite e até calafrios. A infecção pode se limitar à bexiga ou até alcançar os rins.

Se isso acontecer, existe risco de lesões no órgão, de as bactérias chegarem à corrente sanguínea e a situação evoluir para uma infecção generalizada, com risco de morte.

Assista à entrevista em que Anitta falou sobre a ‘cistite de lua-de-mel’:

  • Moda para celebrar todos os estilos, com ofertas imperdíveis e opções de frete grátis? Confira esse GUIA DE PRESENTES de Natal com preços inacreditáveis. Clique aqui.

Após mais um ano de sucesso, Anitta revela cor da calcinha que usou no Réveillon

Compartilhar