Chris Brown diz ter pensado em cometer suicídio após ter agredido Rihanna

'Fui do topo do mundo para o posto de inimigo n° 1', diz Brown (Divulgação)

‘Fui do topo do mundo para o posto de inimigo n° 1’, diz Brown (Divulgação)

Chris Brown pensou em cometer suicídio depois de ter agredido Rihanna, sua ex-namorada. A revelação foi feita durante as filmagens de um documentário sobre a sua biografia.

Em um trailer divulgado no início da semana, Chris Brown fala sobre o incidente. “Fui direto do topo do mundo, com singles no topo das paradas e o título de queridinho da América, para o posto de inimigo número um do público. Pensei em suicídio e tudo o mais”, disse.

No teaser, a mãe de Chris Brown, Joyce Hawkins, também falou sobre o ocorrido. “Foi o pior dia da minha vida e, provavelmente, da vida dele também”, comentou.

A agressão aconteceu em fevereiro de 2009. Rihanna faria uma apresentação no Grammy Awards, mas precisou cancelar. Inicialmente, foi divulgado que ela teria sofrido um acidente, no entanto, descobriu-se posteriormente a agressão de Chris Brown, quando ainda namoravam. Ele deu socos, pontapés e mordidas na cantora, que precisou ser hospitalizada. Brown foi julgado e condenado a cinco anos de liberdade condicional, além de ter prestado seis meses de serviços comunitários.

Assista ao trailer (em inglês):

https://www.youtube.com/watch?v=estyowIIW70

Por Igor Miranda