Fotos: reprodução / Instagram

Milionário, criador de ‘Tchê Tchê Rere’ diz que Gusttavo Lima não tem humildade

O compositor Cássio Sampaio falou sobre sua maior criação, a música ‘Tchê Tchê Rere’, em entrevista ao site ‘G1‘. Durante o bate-papo, ele revelou que ganhou uma fortuna com a canção, mas que se decepcionou com Gusttavo Lima, intérprete mais célebre da faixa no Brasil.

‘Tchê Tchê Rere’ foi composta em 2010 por Cássio Sampaio, que era bancário e morava em Salvador na época. A ideia surgiu após um telefonema da esposa, que estava morando em Feira de Santana.

“Cheguei à noite em casa, arretado com alguma coisa. Minha esposa me ligou e ela me viu agoniado. Eu falei: ‘não to a fim de conversar não’. Já era umas 23h. Aí ela falou: ‘beijo, me liga’. Corri pro violão e veio uma melodia na hora e aí comecei. ‘Beijo, me liga’. Troquei ‘gata, me liga’. Aí pronto. Já veio rápido a música, Mas não terminei, só de manhã. Peguei o telefone de novo e terminei em 20 minutos”, contou.

Veja também:
Cristiano Araújo morreu sem fazer as pazes com Gusttavo Lima, diz empresário

As bandas Estakazero e Cangaia de Jegue gravaram a música, que também teve versão do Aviões do Forró. Foi quando a equipe de Gusttavo Lima ouviu a canção e quis trazê-la para o então jovem artista, que a lançou e a transformou em hit nacional e internacional, chegando ao topo das paradas de Suíça, Itália, Holanda e Bélgica, além do Brasil.

‘Tchê Tchê Rere’ ganhou até mesmo uma regravação da versão alemã do desenho ‘Bob Esponja’. Tudo isso fez com que Cássio Sampaio ganhasse mais de R$ 5 milhões em direitos autorais da música.

Apesar disso, a canção gerou duas ações judiciais. A primeira foi contra a Estakazero, que queria parte dos direitos autorais. Houve acordo extrajudicial. Já a segunda foi contra Gusttavo Lima, por danos morais, já que o sertanejo não o citava em entrevistas como o compositor.

Sampaio destacou, em tom de lamento, que acabou conhecendo Gusttavo Lima “em uma situação ruim, na frente de um juiz, e isso não é bom pra ninguém”. “O único elo (com ele) é ‘Balada’ mesmo. Porque poderia ser diferente, mas a falta de humildade dele… mas, enfim, ele não está aqui pra se defender, então deixa ele lá”, declarou.

Gusttavo Lima e ‘Tchê Tchê Rere’

Foto: divulgação

Em entrevistas, Gusttavo Lima admitiu que não gostava de ‘Tchê Tchê Rere’ quando foi apresentada a ele. O cantor disse que achou a canção “feia” e “brega demais”, porém, foi orientado pela gravadora, Som Livre, a trabalhar na faixa mesmo assim.

Mesmo depois da canção ter feito sucesso, ele comentou, em entrevista ao ‘R7‘: “Continuo achando ela brega, mas fizemos um arranjo para deixar melhor”.

Fato é que ‘Tchê Tchê Rere’ foi o primeiro grande hit nacional de Gusttavo Lima. Antes, as canções ‘Inventor dos Amores’, ‘Cor de Ouro’ e ‘Refém’ conseguiram boa repercussão, mas a “balada boa” fez com que o cantor estourasse nacionalmente e até emplacasse fora do país.

No Brasil, outras canções lançadas por Gusttavo Lima posteriormente conseguiram repetir ou até superar o sucesso de ‘Tchê Tchê Rere’. Alguns exemplos são ‘Apelido Carinhoso’, ‘Abre o Portão que eu Cheguei’, ‘Cem Mil’ e ‘Zé da Recaída’, todas divulgadas entre 2017 e 2019.

Veja também:
Gusttavo Lima está fazendo as pazes com a Globo, revela colunista

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar