Foto: Lucas Santos / Matheus Marcolino

Luan Santana e equipe ficam presos no México após passagem de furacão

O cantor Luan Santana e sua equipe estão no México, para trabalhar em sua carreira internacional, desde 18 de outubro. Entretanto, nos últimos dias, eles passaram por um perrengue: tiveram que ficar isolados em uma casa na cidade de Tulum devido à passagem do Furacão Zeta.

A situação ocorreu um dia após Luan Santana ter lançado, em suas redes sociais, um manifesto para o ‘Movimento O Pantanal Chama‘. O texto fazia defesa ao Pantanal, que enfrenta um incêndio terrível há meses.

Dessa forma, Luan está com dificuldade de comunicação. Ele e os seus produtores não podem sair por conta do furacão.

“O Furacão Zeta chegou ao México entrando por Tulum. Estamos nesse momento sem muita comunicação, mas estamos bem e seguros. Somos muito abençoados por no Brasil não ter problemas e forças da natureza como essa… Em breve estou de volta”, avisou Luan ao seu pai e empresário, Amarildo Santana.

Veja também:
Fã-clubes de Luan Santana pausam atividades por falta de contato com ele; equipe se explica

Recentemente, o cantor chegou a ser cobrado por oito fã-clubes, que anunciaram pausa em suas atividades após o sumiço dele das redes sociais. O grupo de admiradores declarou que a interrupção não teve a ver com o recente término do noivado dele com Jade Magalhães, mas, sim, com as diversas tentativas de contato com o artista que não foram respondidas.

O site ‘G1’ aponta que o Furacão Zeta ganha força ao chegar nos Estados Unidos, viajando pelo Golfo do México com ventos que chegam a 150 km/h. Por hora, a intensidade ainda é nível 1, a mais branda, mas o fenômeno já deixou a categoria de tempestade para ser classificada como furacão.

Compartilhar