Reginaldo Rossi morreu pobre graças a vício em jogo, revela filho

Cantor faleceu em 20 de dezembro de 2013, aos 69 anos (Wikimedia/CC)

Cantor faleceu em 20 de dezembro de 2013, aos 69 anos (Wikimedia/CC)

O cantor Reginaldo Rossi morreu sem dinheiro e com dívidas devido ao vício em jogo. A revelação foi feita por Roberto Rossi, filho do cantor, em entrevista ao programa “Domingo show”, da TV Record, no último domingo (12).

Roberto, que hoje trabalha como motorista de Uber para sobreviver, diz que se surpreendeu com a ausência de fundos após a morte do cantor. “Quando meu pai faleceu, eu e minha mãe buscamos nas contas, mas não tinha nada, nada, nada”, disse.

Não havia dinheiro nem mesmo para o enterro de Reginaldo Rossi, que morreu em dezembro de 2013. “Para conseguir enterrá-lo, contamos com a doação de um jazigo. Mas, essa ausência de dinheiro não surpresa para a gente”, revelou Roberto.

O motivo disto, segundo ele, foi o vício em jogos de carteado. “Ele tinha terreno em Itamaracá, mas perdeu muitos bens nas cartas. Ele era um péssimo administrador e um engenheiro frustrado”, afirmou, em menção ao curso de engenharia civil que Reginaldo Rossi começou a cursar, mas não concluiu.

A casa onde Reginaldo Rossi morava está abandonada, já que o filho não tem dinheiro para arcar com os custos de sua manutenção. Ele só consegue pagar a segurança eletrônica do local, que, segundo ele, já foi invadido algumas vezes.

Veja também:
Mileide Mihaile denuncia Wesley Safadão por alienação parental; cantor rebate

Roberto contou, ainda, que tentou ajudar Reginaldo a controlar as finanças, mas era impedido porque o cantor era muito “centralizador”. “Eu tentei durante uma época, mas não tinha como”, revelou o filho do artista.

Reginaldo Rossi faleceu no dia 20 de dezembro de 2013, aos 69 anos, no Recife. A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos, causada por um câncer no pulmão. Ele foi sepultado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, região metropolitana do Recife.

Morte da esposa

Oito meses após a morte de Reginaldo Rossi, a sua esposa, Celeide Neves, também faleceu. O filho adotivo do casal, o engraxate José Joelson, imagina que ela tenha morrido de tristeza – a causa oficial foi um infarto.

Ele contou, também ao “Domingo show”, que Celeide Neves nunca superou a morte de Reginaldo Rossi. Mesmo após o falecimento dele, Celeide chamava por “Rossi” pela casa onde moravam.

Por Igor Miranda (@silvercm)

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]

Compartilhar