Foto: Divulgação

37 anos de ‘We Are The World’: a história da maior união da música pop

Em 28 de janeiro de 2022, completaram-se 37 anos desde a icônica gravação de ‘We Are The World‘, música tema do projeto ‘USA For Africa‘ que uniu artistas de sucesso em 1985 para arrecadar dinheiro para vítimas da fome no continente africano.

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

A música ‘We Are The World’ foi composta por Michael Jackson e Lionel Richie especialmente para o projeto social e o refrão diz, em inglês: “Nós somos o mundo, nós somos as crianças. Nós somos aqueles que deixam o dia mais brilhante. Então, vamos começar a doar“. Leia a letra completa.

O maestro Quincy Jones foi quem produziu ‘We Are The World’. Ele pediu para Michael e Lionel que escrevessem uma música com o tema social. Os dois artistas ficaram 4 dias trancados em uma casa até a música sair.

Veja também:
'Michael Jackson urinava no chão e arremessava fezes de animais', dizem ex-empregadas

Mais de 200 artistas se propuseram a participar da gravação, mas só 45 nomes foram selecionados. Dentre eles estavam: Stevie Wonder, Tina Turner, Billy Joel, Bruce Springsteen, Cyndi Lauper e Bob Dylan.

We Are The World‘ foi gravada em um estúdio na Califórnia no dia 28 de janeiro de 1985. Ela só foi lançada em  7 de março de 1985 e se transformou na música mais rapidamente difundida na história da música pop. No entanto, a faixa só chegou ao Brasil em abril de 1985.

“Foi uma noite agitada. Eu me comportava como um fã de todos aqueles artistas, e tenho certeza que muita gente fazia o mesmo”, comentou Lionel Richie no dia seguinte da gravação. 

“Mas a coisa mais importante da noite foi o que dizia um dos versos da música: tem gente morrendo. Todos os artistas do país estavam intimidados a fazer alguma coisa pelos que estão sofrendo“, prosseguiu o cantor.

7 milhões de cópias foram vendidas apenas nos Estados Unidos. O lucro arrecadado foi de cerca de US$ 147 milhões – dinheiro que foi totalmente revertido para ajuda humanitária na África.

Veja também:
Mara Maravilha diz que Michael Jackson imitou clipe dela; assista e compare

Veja uma foto do disco:

Foto: Reprodução

Assista e relembre a primeira versão de ‘We Are The World’:

Diferente do que muitos acreditam, o nome do projeto – ‘USA for Africa‘ – não quer dizer “Estados Unidos pela África”, como a tradução literal mais óbvia indica. Na realidade, o USA da sigla se refere a ‘United Support of Artists’. O sentido total seria: Apoio dos Artistas Unidos pela África“.

Os organizadores do ‘USA for Africa’, que gerou o clássico pop, se inspiraram em outros projetos semelhantes realizados no Reino Unido, como o ‘Live Aidde 1985 organizado pelo músico irlandês Bob Geldof (que contou com a apresentação icônica da banda Queen).

Outra iniciativa que inspirou o ‘USA for Africa’ foi o ‘Projeto Band Aid‘, de 1984, no qual Paul McCartney, David Bowie, Phill Collins e Boy George cantaram a música ‘Do They Know It’s Christmas?’ e arrecadaram 56 milhões de dólares para ações sociais na Etiópia.

Veja também:
30 anos sem Freddie Mercury: cantor morreu um dia após admitir que tinha Aids

Em 2010, ‘We Are the World‘ ganhou uma nova versão com outros artistas unidos com o objetivo de faturar milhões de dólares para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti.

Participaram da nova versão: Brian Wilson, Barbra Streisand, Tony BennettWill.i.am, Jonas Brothers, Justin Bieber, Kanye West e P!nk, dentre outros.

Os artistas de sucesso no mundo todo foram até o Henson Studios, em Los Angeles, nos Estados Unidos, para a regravação da icônica ‘We Are the World‘.

Ouça a versão regravada, de 2010:

Versão brasileira?

O músico Aquiles, do MPB4, era o presidente do Sindicato dos Músicos do Rio de Janeiro e organizou uma versão brasileira do projeto para arrecadar dinheiro e ajudar causas sociais no Brasil.

Ele criou o projetoNordeste Já‘ que contou com a gravação da música ‘Chega de Mágoa‘, gravada em 13 de maio de 1985.

Tim Maia, Rita Lee, Maria Bethânia, Djavan, Gal Costa, Fafá de Belém, Elba Ramalho, Emilinha Borba, Elizeth Cardoso, Pepeu Gomes e Roger, do Ultraje a Rigor, foram os artistas que participaram. O valor arrecadado nesta iniciativa foi revertido a famílias carentes da região Nordeste do Brasil.

Veja também:
Irresponsável! Elba Ramalho vai ao 'Encontro' com sintomas de gripe e é criticada

Acidentalmente, a música ‘We Are The World’ foi figura marcante na 4ª edição do ‘Big Brother Brasil’, em 2004. Na ocasião, a participante Solange ficou conhecida pela maneira inusitada (e completamente errada) de cantar: “iarnuou”.

Ouça a gravação de ‘Chega de Mágoa’, música tema do projeto ‘Nordeste Já’:

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

Tina Turner morreu? Aos 81 anos, cantora sobreviveu a câncer e diz estar feliz