Foto: Divulgação

Marília Mendonça anuncia live para lançar o irmão caçula como cantor sertanejo

A cantora Marília Mendonça – a ‘Rainha da Sofrência’ – fará uma live no próximo sábado (15) e garante apresentar o melhor repertório. Além disso, ela vai lançar o irmão mais novo no universo da música sertaneja a nível nacional.

João Gustavo, de apenas 20 anos, tem uma dupla com Dom Vittor, da mesma idade. O irmão de Marília já fez dupla com um cantor chamado Matheus e tinha muita vontade de voltar a cantar.

Veja também:
'Rosa Embriagada': nova música de Marília Mendonça já é um sucesso

Foi então que ele encontrou Dom e eles começaram a compor juntos. A dupla já tem, inclusive, uma música gravada com participação da própria Marília Mendonça.

É a música ‘Calculista‘, que ganhou o coração de Marília. O clipe já foi gravado e a faixa inédita será mostrada no sábado (15) para quem estiver assistindo.

Melhor repertório que já fiz de todas as lives. Vai ser a melhor live de todas! Eu estou amando e tenho certeza que vocês vão amar“, disse Marília nas redes sociais após mostrar imagens do irmão, João Gustavo e Dom Vittor ensaiando para a live. 

A apresentação será transmitida diretamente de Goiânia, ao vivo, às 20h no canal oficial de Marília Mendonça no YouTube. 

Como tudo que Marília faz, as lives dela são sucesso absoluto acompanhadas por fãs em todo o canto do Brasil (e até do mundo!).

A primeira live da cantora, no inicio da pandemia do coronavírus, bateu recorde de visualizações: 3,2 milhões de espectadores durante a transmissão.

Veja também:
Marília Mendonça canta música sobre prostituição e faz Ana Maria Braga chorar

Nova música de Marília Mendonça já é sucesso absoluto

No último dia 30 de abril, Marília lançou ‘Rosa Embriagada, sua mais nova música. Dois dias antes, ela postou a imagem de divulgação da canção. Na legenda, contou como foi o processo de composição.

A cantora compôs a música em parceria com Juliano Gonçalves Soares, conhecido como Juliano Tchula – parceiro já conhecido dos fãs da sertaneja.

O som evidencia o regionalismo da artista goiana, mas também traz o romance e a sofrência característicos de seus outros trabalhos. Marília iniciou a história sobre como ‘Rosa Embriagada’ surgiu.

“Em um dia comum de composições, meu parceiro Tchula me buscou em casa, às 8h30, como em todos os outros dias de semana, nos quais trabalhávamos até às 18h, tendo ideias e inspirações pra novas músicas ou não”.

A gente tava sempre junto esperando cair do céu o tema ou a melodia… nesse dia, a mãe do Tchula tinha passado por lá e arrumado o barraco, que a gente só bagunçava. Sempre caprichosa, deixava tudo tão cheiroso e organizado que eu ficava admirada”.

Veja também:
Marília Mendonça canta música sobre prostituição e faz Ana Maria Braga chorar

“Como várias vezes aconteceu, não tínhamos um tema, uma melodia ou assunto pra falar naquele dia. Eu dedilhando o violão e o Tchula com o bloco de notas aberto, tentando escrever coisas aleatórias pra chegar em algo que funcionasse”.

“De repente… um vaso de madeira que tinha o formato de uma garrafa de cerveja e uma flor e uma frase sussurrada: ‘uma rosa tão bonita dentro de uma garrafa…‘ Bastou isso pra que a inspiração viesse… me lembro da euforia quando terminamos essa”.

Uma das nossas composições preferidas que tem tanta história que ela por si só não se traduz… precisava compartilhar com vocês!”, declarou Marília. A letra, como o próprio nome já adianta, fala sobre uma mulher que desenvolveu uma dependência alcoólica.

Veja também:
Marília Mendonça no Rock in Rio 2021? Ela está se divertindo com a ideia; veja