Foto: divulgação

Morte de Jimi Hendrix: suicídio, acidente ou assassinato?

Por cerca de quatro décadas, as causas da morte de Jimi Hendrix permaneceram na obscuridade e, até hoje, são consideradas controversas.

Segundo a entrar para o triste “Clube dos 27“, James Marshall Hendrix, o Jimi Hendrix, teve a morte registrada ao 12h45 do dia 18 de setembro de 1970 – horas após ser encontrado desacordado no quarto de hotel da namorada.

Lendário com ‘Purple Haze’, o guitarrista, cantor e compositor nascido em Seattle, nos Estados Unidos, teve uma morte cercada de suspeitas e questionamentos: teria sido suicídio? Morte acidental? Assassinato no auge?

Últimas horas de Jimi Hendrix

Por conta da agenda de shows, o roqueiro estava na Europa desde o finalzinho do mês de agosto. Hendrix estava hospedado no Hotel Cumberland, mas tinha passado a noite com a namorada, a pintora e artista plástica alemã Monika Dannemann, no apartamento dela em Samarkand Hotel – que ficava a dez minutos de carro.

Em depoimento ao autor e jornalista britânico Harry Shapiro, no livro ‘Rock Roadie’, Monika relatou as últimas horas do roqueiro e como foi encontrá-lo desacordado na manhã do dia 18.

Veja também:
A morte de Cazuza, o primeiro artista brasileiro a revelar ter Aids

O relato dela diverge em alguns pontos. Isso porque amigos contam uma versão diferente: Hendrix e Monika teriam brigado durante a noite toda em uma festa e ido embora repentinamente. Além disso, Hendrix teria usado anfetamina.

De volta ao que conta Monika, os dois teriam retornado ao apartamento por volta das 3h da madrugada. Eles conversaram e ela fez um lanche para ele, que, segundo ela, pediu remédios para dormir. Ela negou, mas, por volta das 6h, tomou uma pílula do sonífero e caiu no sono antes dele.

Ao acordar por volta das 10h, Monika afirmou que viu que Hendrix dormindo e saiu para comprar cigarros. Ela voltou cerca de 15 minutos depois e percebeu que ele tinha vômito sobre o corpo. Tentou acordá-lo, mas não conseguiu.

Demora para pedir ajuda

Sem saber o que fazer, ela teria levado alguns minutos ligando para amigos do cantor para descobrir quem era o médico dele. Só depois disso, quando recebeu a orientação de simplesmente ligar para a emergência, ela pediu ajuda. O relógio marcava 11h18 quando ela fez a ligação.

Levado de ambulância para o hospital St. Mary Abbott, Hendrix nem teria sido atendido e foi levado diretamente para o necrotério, pois já teria chegado sem vida – de acordo com o relato de uma fonte ao jornalista.

Veja também:
Morte de Kurt Cobain é cercada de polêmicas e teorias da conspiração

Questionada por amigos do cantor sobre o motivo de ter demorado tanto a agir, Monika respondeu, segundo Shapiro, que teve medo por que havia drogas no quarto.

Para parte dos fãs, essa demora de Monika teria sido o que custou a vida de Hendrix e, com isso, ela teria culpa indireta na morte dele.

Investigação sobre a morte de Jimi Hendrix

Uma das grandes atrações do festival de Woodstock, Hendrix morreu asfixiado no próprio vômito intoxicado por barbitúricos.

Essa foi a conclusão de legistas, que apontaram que ele ingeriu pelo menos nove comprimidos do remédio da namorada – numa dosagem 18 vezes acima da recomendada.

Monika mudou seu relato várias vezes e, além disso, há quem diga que um grupo entrou no quarto de Hendrix durante a madrugada e o fez ingerir os remédios com vinho em excesso, com o objetivo de fazê-lo desmaiar de tanto beber.

Além disso, o relato do médico John Bannister, que participou do caso de Hendrix, reforça que poderia ter acontecido esse crime. “A quantidade de vinho dentro dele era extraordinária”, declarou Bannister.

Veja também:
Morte dos Mamonas Assassinas: entenda as causas do acidente aéreo

“Não apenas o seu cabelo e sua camiseta, mas seus pulmões e seu estômago estavam cheios de vinho. Eu nunca tinha visto tanto vinho. Ele já tinha vomitado um monte e ainda tinha quase meia garrafa de vinho no seu cabelo”, acrescentou.

Além disso, segundo o médico, Hendrix estava “frio e azul, com todas as características de alguém que já estava morto há um tempo”.

Com isso, se acidental ou suicida, até hoje não é possível responder, mas o fato é que Jimi Hendrix entrou para a história do rock mundial.

Veja os últimos shows de Hendrix, no Love And Peace Festival:

Veja também:
Nirvana: Kurt Cobain se matou ou foi assassinado? Conheça a teoria
Compartilhar