Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Jotta A: ex-cantor gospel anuncia transição de gênero como mulher trans

Jotta A, ex-cantor famoso no meio gospel, acaba de anunciar que – aos 24 anos de idade – está passando por uma transição de gênero e assumindo sua identidade como mulher trans.

Ainda criança, Jotta A venceu o quadro ‘Jovens Talentos’, do Programa Raul Gil, no SBT. A partir daí, gravou CDs e seguiu carreira no meio evangélico durante anos.

Veja também:
Cantor gospel Lucas Roque mostrava as partes íntimas para mulheres em provadores

Em 2014, o disco ‘Geração Jesus’ foi indicado ao Grammy Latino na categoria de ‘Melhor álbum de música cristã em língua portuguesa’. Jotta A se tornou, então, o cantor mais jovem do mercado gospel latino a ser indicado ao Grammy.

Apesar da agenda cheia de shows e do sucesso na carreira musical, Jotta não estava totalmente feliz, pois o meio religioso não a aceitava como ela realmente era.

No ano de 2020, Jotta A se assumiu publicamente como bissexual e integrante da comunidade LGBTQIA+. Na época, enfrentou dificuldades dentro da igreja e do mercado gospel.

No mesmo período, Jotta A deixou a música gospel e começou a se dedicar ao pop. A música ‘Pessoa Certa’ foi um dos primeiros lançamentos da cantora nessa nova fase.

Veja também:
Mayra Cardi e Arthur Aguiar só fazem amor ouvindo música gospel: 'sexo é de Deus'

Agora, nesta quarta-feira (13), Jotta falou abertamente nas redes sociais sobre sua transição e o fato de assumir sua verdadeira identidade, como mulher. 

Essa sou eu, indo ao cartório para fazer a primeira solicitação de retificação do meu nome de registro, disse Jotta, com uma foto de seu visual como mulher que é.

Quanto ao nome, Jotta A decidiu manter o Jotta. Demorei muito tempo escolhendo meu nome e cheguei à conclusão de que deveria manter Jotta, apesar de nunca ter sido meu nome de registro, só artístico”, completou a cantora.

“Além de ser uma maneira de estar atrelada à minha história, acredito que seria difícil readaptar meus sobrinhos pequenos a deixarem de me chamar de tia Jotta (essa é a maneira carinhosa que eles me chamam já há alguns meses)”, revelou ela.

“Recomeçar não é fácil, mas estou feliz por estar vivendo todo esse processo. Feliz em ter tantas pessoas que me apoiam e acreditam em mim nessa nova etapa!”, disse Jotta nas redes sociais.

Veja a foto publicada por Jotta em seu perfil no Instagram, que tem mais de 400 mil seguidores:

Foto: Reprodução/Instagram

Jotta A fala sobre meio gospel

Em entrevista ao portal ‘Uol’ tempo atrás, Jotta falou sobre o preconceito e as dificuldades em ser aceita no meio evangélico.

“É muito difícil estar exposta a tantos olhares em uma fase em que você está se descobrindo, em busca de aceitação. Eram 15 shows por mês, programas de TVs, viagens. Tudo isso vivenciado em um ambiente religioso, cheio de regras e cobranças, disse Jotta A ao ‘Uol’.

“Eu era uma das cantoras com mais visibilidade no mercado gospel, mas a culpa só crescia porque o aprendizado que tive dentro da igreja era de que ser homossexual é errado. Eu tinha toda uma estrutura empresarial e familiar que dependia financeiramente do meu trabalho”, contou a artista.

“Como se desfazer de tudo isso quando você sabe que se assumir afetará toda a sua carreira? Você não será aceita da forma que é, e, sim, da maneira que eles querem que você seja”, desabafou ela.

“Por dentro, já estava vivendo um processo de autoconhecimento. Meu maior medo era expressar isso e entender como mostrar esse novo trabalho, guardado há tanto tempo dentro de mim”.

Ainda sobre a violência sofrida por Jotta A no dia a dia apenas por ser quem ela é: Sofro ameaça de morte todo dia, palavras de ódio, racismo, homofobia. Pessoas subestimam meu trabalho”, declarou a ex-cantora gospel.

Quanto à religiosidade, Jotta disse ter deixado para trás, mas continua acreditando em Deus. “Até hoje, enxergo Cristo com um mensageiro de amor para todos, não só para as pessoas que a Igreja prega. Sou grata pela trajetória que tive, mas não sigo nenhuma religião. Só acredito em Deus“, disse em entrevista.

Agora Jotta comemora a decisão de abrir para todos seu verdadeiro eu e ser feliz de uma vez por todas, independente dos julgamentos.

“Hoje, estou mostrando quem realmente sou, podendo assumir minha arte e minha verdade. Tirei das costas um sistema que não me aceitou como sou“, disse a cantora, se referindo ao meio evangélico.

Veja uma das apresentações mais famosas de Jotta A ainda criança no programa do Raul Gil:

Confira o videoclipe da música ‘Pessoa Certa’, lançamento de Jotta no pop:

Kemuel: integrantes do grupo gospel fazem versão de ‘Envolver’ e polemizam

Compartilhar