Pegou mal? Ozzy Osbourne disse que ficou “empolgado” com ataques de 11 de setembro

Ozzy Osbourne estava em Nova Iorque no dia do ocorrido (Getty Images)

Ozzy Osbourne estava em Nova Iorque no dia do ocorrido (Getty Images)

Ozzy Osbourne não é exatamente conhecido por seus pensamentos. O cantor, que viveu décadas de abuso de álcool e drogas – mas hoje promete estar sóbrio -, raramente se manifesta sobre ocorridos do mundo fora da música.

Durante entrevista concedida ao site Shortlist, o cantor quebrou o protocolo e falou sobre os atentados terroristas aos Estados Unidos, que aconteceram no dia 11 de setembro de 2001. O assunto no momento era um jantar que Osbourne teve com George Bush – e alegou que o ex-presidente dos EUA estava bêbado e agiu como um idiota.

Ozzy falou sobre a sua experiência na época do ataque terrorista. “Bush não estava no cargo nem há cinco minutos e aconteceu aquilo. Estávamos em Nova Iorque quando isso tudo ocorreu. Eu não estava com medo, estava empolgado”, afirma o Madman.

O cantor até tentou explicar o porquê da “empolgação”. “Era o meu tipo de loucura, entende? No dia seguinte, não havia ninguém em Nova Iorque. Sentei nas escadas do hotel e foi como um filme antigo de cowboy, com aqueles rolos que passam pela estrada. Jornais flutuavam pelas ruas. Foi estranho”, comenta.

Por Igor Miranda

Compartilhar