Foto: reprodução / YouTube

Biel é acusado de calote por ex-empresário: ‘disse que sofreu golpe da Anitta’

O empresário Eduardo Ferreira, que trabalhou com Biel, disse que sofreu um golpe do cantor. O prejuízo é calculado em R$ 80 mil, de acordo com Ferreira, e foi provocado entre os últimos meses de janeiro a março.

A informação foi revelada pelo próprio empresário em entrevista a Fábia Oliveira, em coluna no site do jornal ‘O Dia‘. Ele conta que conheceu Biel por meio de um artista de sua agência de influenciadores.

“Como um bom manipulador, ele disse que sofreu um grande golpe da Warner e da Anitta. Que tramaram sua queda e que a história da repórter (que ele assediou durante uma entrevista) foi combinada, porque precisava cancelar ele para subir a Anitta. Contou do seu sofrimento e que precisava de uma agência. Então, pensei em fazer uma gestão de crise”, afirmou o empresário.

Eduardo Ferreira relata que Biel foi morar na casa dele no mês de janeiro, mas que a relação era complicada, pois o cantor fazia “grandes exigências”, que ele não conseguia atender. “Então, ele disse para investir nele que, quando chegasse dos EUA, tudo seria devolvido, como um empréstimo”, disse.

Foi aí que a situação desandou, conforme dito pelo empresário. “Tivemos vários problemas, como comportamento exagerado. E eu não sabia que ele estava sem dinheiro e falido nos EUA. Em fevereiro, gravamos um clipe em Campos do Jordão. Tudo com dinheiro emprestado, a ponto de um influencer, o Vinnie Piccinno, usar o cartão de crédito do pai como empréstimo para o Biel, na promessa de que seria tudo pago com um investidor dos EUA. O prejuízo desse pai foi de mais de R$ 30 mil”, afirmou.

A acusação vai além: Biel teria deixado dívidas até mesmo com garotas de programa, segundo Eduardo Ferreira. “Ele não pagou as profissionais. Uma vez, eu o acompanhei a uma casa de massagens na Rua Augusta e ele levou mais de cinco garotas pra casa e não as pagou. Elas ameaçaram ir para a imprensa, e então eu tive que arcar também com esse prejuízo”, disse.

O investidor dos Estados Unidos, que seria dono da emissora televisiva Nickelodeon, seria “mentira” do cantor, segundo o empresário. Ele conta que quando tudo foi descoberto, todos se chatearam bastante.

Por conta de altos gastos, eu tive um prejuízo grande com minha empresa, o que resultou nas demissões de famílias. Não espero mais nada, apenas que pague a família do Vinnie, pois seu pai ficou doente com esse enorme prejuízo. E eu saio com prejuízo emocional. Cheguei a ter depressão e tive que reduzir meus sonhos demitindo funcionários por conta dos prejuízos morais e financeiros”, disse.

Vinnie Piccinno confirma; pai de Biel se manifesta

O influenciador digital citado por Eduardo Ferreira, Vinnie Piccinno, reforça as declarações feitas pelo empresário. O youtuber e tiktoker deu detalhes sobre o empréstimo de R$ 30 mil que teria cedido a Biel em uma série de vídeos no Instagram.

“Fiz o contrato, reconheci firma, fui atrás de todos os empresários dele, mas não sei que m**da o Gabriel fez, que não tem mais contrato, e esse pessoal não vai mais arcar com as dívidas dele”, disse, inicialmente.

Vinnie declarou que o pai renegociou com o banco o valor emprestado a Biel, já que o artista não quitou a dívida. “Conseguimos parcelar, mas mesmo assim… O apartamento já está comprometido, falei com o pai do Gabriel, o garoto entrou na ‘Fazenda’. Não sei o que eu faço”, afirmou, mencionando que o cantor já estaria escalado para a nova edição do reality show ‘A Fazenda’, da Record TV.

Até o momento, o artista não se manifestou publicamente sobre as acusações. O pai dele, Sérgio Rodrigues, enviou uma nota para o site ‘Notícias da TV‘ que diz: “Assessoria já encaminhou para o jurídico e a tal pessoa [Eduardo Ferreira] terá que se explicar. Assim que dermos entrada no judicial você terá na íntegra o desenrolar de mais esta calúnia e difamação”.

Veja também:
Anitta publica fotos de ensaio sem roupas e Miley Cyrus deixa comentário

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar