Foto: Reprodução/YouTube

Após criticar políticos em música, Eduardo Costa diz que recebeu ameaças

O sertanejo Eduardo Costa lançou a canção ‘Cuidado’ no último dia 30 de abril e, a partir de então, teria começado a receber ameaças, segundo relatos dele mesmo.

O motivo, segundo o cantor, é o fato de a letra da canção trazer uma crítica à atual situação política do país. A faixa aconselha o povo brasileiro a tomar cuidado sobre quem escolhe nas eleições para governar e tomar decisões sobre o dinheiro público.

Só querem nos roubar e nos fazer de palhaços. Depois que estão eleitos, vão morar em seus palácios. São carros importados, aviões em áreas nobres. Somente a fé em Deus é o que ainda resta para os pobres, diz um trecho da música.

Veja também:
Zac Efron aparece com rosto bizarro e fica a cara do Eduardo Costa

Segundo um suposto áudio enviado pelo sertanejo para uma pessoa próxima, cujo conteúdo foi divulgado pela colunista Fábia Oliveira do jornal ‘O Dia’, Eduardo afirma estar apreensivo com sua segurança e a de sua família.

“Tô bem, mas o lançamento dessa música me preocupou um pouco. Me preocupou não no sentido de ameaça a minha pessoa. Essa noite não dormi nada. Estouraram foguete aqui na rua de casa e minha filha já recebeu ameaças. Minha mãe, meus irmãos também já receberam ameaças. Nessa hora não vou mentir que dá uma certa preocupação, um certo medo, sabe?”, começa o artista.

Ele conta também que passou a andar acompanhado por seguranças“Agora, por exemplo, eu estou no estúdio. Eu não ando com segurança, mas hoje eu tô com dois seguranças, porque eu não conheço esse povo, né gente?”. 

Eu não fiz música pra ninguém, nem pra um lado e nem pro outro. Eu não tenho medo de ninguém não, mas quando se trata da minha família, eu tenho medo sim. Minha família é a coisa mais importante que eu tenho, diz o sertanejo, que apesar de tudo garante que não vai recuar.

“Mas isso não vai me impedir e me acuar não. Eu vou me proteger, cuidar de mim, da minha família. A música é o maior sucesso que já vi na minha vida. Não só sucesso meu, eu nunca testemunhei um sucesso desse tamanho“.

“O povo brasileiro pegou a música pra si e essa música é do povo, não é minha. Eu compus a música, mas essa música foi Deus quem me deu. Ela é uma carta de Deus para o povo. Não é uma música de política. É uma música alertando o povo, inclusive os políticos. Mas se a carapuça servir, aí é cada um com seus problemas”, finaliza Eduardo Costa.

Veja também:
Eduardo Costa nega namoro com garota de programa, mas diz que toparia

Eduardo Costa diz que tomou providências

Procurado pela equipe do jornal ‘O Dia’, o cantor confirmou que precisou tomar algumas providências para garantir sua segurança – e a de sua família.

“Já teve várias mensagens no Instagram, Facebook e a gente fica meio com medo. Mas tô andando com segurança, nunca andei, mas agora estou. Sempre andei de forma tranquila, mas agora minha preocupação é minha filha, minha família. Estou procurando o máximo proteger eles“, disse.

Quanto às ameaças, ele mudou um pouco o tom e afirmou não acreditar muito que sejam reais. “Eu acho que a música foi um grande sucesso e nem acredito nessas ameaças. Acho que isso é mais gente ruim querendo causar do que ameaça. Mas não custa prevenir. Não vou pagar pra ver, afirmou o cantor.

Aparentemente, Eduardo Costa não fez questão de procurar as autoridades adequadas: a polícia, visto que o crime de ameaça é previsto no Código Penal Brasileiro.

‘Cuidado’ é para quem?

Não custa lembrar que Eduardo Costa é uma das personalidades mais polêmicas do Brasil na atualidade, sempre se envolvendo nas mais diversas controvérsias. Ele, também, é conhecido por ser um ferrenho apoiador do governo de Jair Bolsonaro.

Segundo ele, no entanto, a canção não é direcionada para nenhum partido político específico. “A música não é partidária, ela serve pra todo mundo. É uma música que com certeza prestou um grande serviço ao povo do Brasil inteiro”.

Veja também:
Eduardo Costa revê ideologia política e se diz neutro: 'vi que o jumento era eu'

Segundo Eduardo Costa, ‘Cuidado’ está bombando, inclusive, em outros países. 

“Viralizou e já está em tudo que é país, não só no Brasil. Já está na Argentina, Uruguai, Paraguai, na América Latina inteira. Com certeza ela vai entrar para a história das músicas que marcaram as músicas brasileiras. Acho que ela será um marco na minha carreira“, finaliza.

Na descrição do videoclipe, no YouTube, Eduardo fala um pouco sobre as questões tratadas na canção.

Essa não é apenas uma música, é um manifesto, um apelo pela conscientização do nosso povo. Essa é uma música para nos fazer lembrar que temos que pensar muito antes de tomar uma decisão! Pois está decisão pode afetar nossas vidas, as vidas dos nossos filhos e dos filhos dos nossos filhos!”.

“A sociedade precisa entender que antes de escolher alguém pra nos representar frente a uma nação precisamos avaliar muito bem os prós e contras e não simplesmente escolher um número, preenche-lo nas urnas e apertar confirma! Nossa escolha vai muito além disso!”.

Somos responsáveis por acompanhar se as promessas foram cumpridas e se tudo será realizado! Se cada um de nós não entender a importância disso, depois não adianta ficar bravo! Afinal depois que nada for feito, ficaremos quatro anos com a sensação de ter vendido a ‘alma para o diabo’“.

Em um trecho do videoclipe da música ‘Cuidado’, de Eduardo Costa, aparece a cena forte de um profissional da saúde fechando um cadáver em um saco – provavelmente em referência à pandemia da Covid-19.

Assista:

Felipe Neto ataca sertanejos e Zé Felipe rebate com vídeo desaforado

Compartilhar