Fotos: Reprodução/Instagram

Pastor é apontado como pedófilo após vídeo viralizar e Safadão sai em defesa

Um vídeo postado pelo cantor Wesley Safadão em sua conta no Instagram o levou aos assuntos mais comentados do twitter na manhã desta segunda-feira (26).

O motivo? O pastor André Vitor, amigo próximo do artista, aparece com uma postura questionada por internautas – chegando a ser apontado como pedófilo.

Veja também:
Furou fila ou grávida? Esposa de Safadão toma vacina antes da hora e fãs desconfiam

O vídeo foi compartilhado por Safadão na função Stories, sumindo após 24 horas. As imagens mostram algumas crianças em um momento de descontração, comemorando e Wesley Safadão com um pratinho nas mãos, com o que parece ser um creme a ser usado na brincadeira de ‘torta na cara’.

O pastor evangélico, André Vitor, aparece, ao fundo, abraçando uma menina por trás. Ele coloca as mãos sobre ela e quando ela se desvencilha dele e se aproxima das outras crianças, o pastor abaixa a camiseta.

Essa atitude foi vista por internautas como uma tentativa de esconder que estava ficando ‘excitado‘ após ter abraçado a menina, que aparenta ter em torno de 11 anos de idade.

  • Antes de continuar a leitura, se liga! Sabia que leitor do Revista Cifras tem desconto de até 15% e frete grátis na primeira compra em itens de supermercado? Para garantir, basta realizar a compra através deste link.

Confira o ‘polêmico’ vídeo compartilhado nas redes sociais:

Wesley Safadão defende o amigo

Após o assunto viralizar, Wesley Safadão se pronunciou defendendo o pastor André Vitor e dizendo que tudo isso é maldade por parte das pessoas.

“O André é uma pessoa de dentro de casa, um amigo, um irmão que confiamos. Pouquíssimas pessoas frequentam nossa casa, jamais permitiria a convivência de alguém que não confio com minha família, que é meu bem mais precioso na vida!”, disse Safadão.

Veja também:
Quem é pastor Lucas? Cantor gospel teve foto íntima vazada e virou assunto na web

“É uma injustiça muito grande o que estão fazendo com ele, quem o conhece sabe da índole, caráter e, principalmente, do coração que ele tem. O André também tem complexo com o corpo e se você pegar todas as fotos do insta dele, perceberá que ou ele está de cima pra baixo, na frente de alguém ou com a mão no bolso esticando a camisa…”, concluiu o forrozeiro.

A assessoria de Wesley Safadão compartilhou uma nota à imprensa afirmando que o caráter do pastor André Vitor é inquestionável. A atitude de puxar a camiseta para baixo foi feita para esconder a barriga, já que ele está acima do peso.

“Atualmente, e infelizmente, conclusões e apontamentos são feitos sem quê nem pra quê, expondo pessoas a situações vexatórias e incriminatórias como esta. Sinceramente, lamentamos tudo isso e pelo carinho que guardamos ao André, nos negamos a dar voz ou eco a insinuações desta natureza. Que Deus nos abençoe e abençoe a todos”, diz trecho da nota.

Pastor André Vitor também se pronuncia

O pastor André Vitor também se pronunciou, negando qualquer tipo de acusação.

“Posso te mandar dezenas de fotos e vídeos que eu estou nesta mesma posição (de puxar a camisa pra baixo). Estou acima do peso e isso é uma mania minha (para evitar que a barriga fique à mostra)”, disse.

Veja também:
Wesley Safadão e Thyane Dantas brigam em público e protagonizam barraco

“Uma grande loucura e injustiça que já está sendo acompanhada por uma equipe criminal, por tentarem manipular uma situação contra mim sem sequer saberem quem sou. Os pais da criança, que são praticamente meus irmãos, e eu, estamos todos juntos pra não levarem isso mais à frente, porque é uma maldade sem precedentes comigo, que só planto o bem e tenho total familiaridade e amor”.

“Somos todos família e, principalmente, com uma criança que não pode jamais ter esse estigma de assediada, porque é muito bem tratada e amada por todos nós. Estamos todos muito indignados“, desabafou o pastor.

O pastor André Vitor é também amigo próximo de Simone, da dupla Simone e Simaria, e sua família.

Veja:

Veja também:
Vixe!!! Live de Wesley Safadão com Juliette vira alvo de investigação
Compartilhar